Base e corretivo: aprenda a utilizar corretamente

Base e corretivo: aprenda a utilizar corretamente

Confira as dicas dos especialistas para escolher e aplicar os produtos sem erros

A base e o corretivo têm a função de corrigir pequenas imperfeições na pele, disfarçar ou clarear olheiras e deixar a pele mais uniforme. Porém, o tom errado pode causar um efeito contrário.

Como saber a cor correta da base?

O primeiro passo para saber a cor correta da base e do corretivo é descobrir o subtom da pele. “Existem três subtons principais: os frios, os quentes e os neutros. As pessoas com subtom quente têm fundo amarelado, as de subtom frio têm fundo rosado e as de subtom neutro misturam tanto características de um quanto de outro”, explica Adriana Mendes da Costa, graduada em Cosmetologia e Estética e Maquiagem Artística no The Galligan Beauty Group, em Dublin, na Irlanda.

Segundo Adriana Mendes da Costa, para a pele quente, a base deve ter fundo amarelado; para a pele fria, a base deve ter fundo rosado; e para a pele neutra, a cor é indiferente.

Tipos de base

Além do tom adequado, é necessário prestar atenção ao tipo de base que está usando. Para quem tem linhas de expressão marcadas, uma base muito concentrada e seca vai marcar mais ainda. “Então, o interessante é usar uma base mais hidratante e um primer também mais hidratante”, explica Elton Thadeu, maquiador do Estúdio Tez.

Como aplicar a base?

Além do tom certo e da textura adequada, a forma como você aplica a base interfere muito no resultado. “Quando se aplica pouco produto, ou não espalha bem, o acabamento da maquiagem não fica homogêneo e até a aplicação do blush pode ser comprometida. Quando se aplica demais, a pele pode ficar com uma textura grosseira, o produto pode craquelar e o rosto ficar com um aspecto envelhecido”, analisa a maquiadora Adriana Mendes da Costa.

Para facilitar a aplicação e obter uma cobertura uniforme, a profissional recomenda o uso de esponjas ou pincéis de cerdas sintéticas.

Tipos de corretivo

Corretivo líquido: tem efeito natural, por ser mais fluído e ter a textura mais leve. A cobertura costuma ser média, isso ajuda a disfarçar pequenas imperfeições e olheiras suaves. Pode ser usado em qualquer tipo de pele, mas é ideal para peles secas.

Corretivo cremoso: tem uma ótima cobertura, cobre imperfeições como olheiras muito escuras, manchas bem marcadas e espinhas. É fácil de espalhar e a textura é indicada para peles mais jovens. É ideal para peles mistas ou um pouco secas.

Corretivo em bastão: é um produto mais concentrado e tem uma cobertura muito alta. Como tem textura sólida e consistente, é mais seco que os outros tipos e segura melhor a oleosidade. É recomendado para peles mais oleosas. Esse tipo de corretivo possui efeito natural.

Como aplicar o corretivo?

A forma como você aplica o corretivo faz toda a diferença no resultado da maquiagem. “O jeito certo de aplicar é formando um triângulo invertido, e não formando uma meia-lua embaixo dos olhos. Nunca esfregue o produto na pele! Aplique sempre dando leves batidinhas com o dedo anelar, uma esponja ou um pincel, até a completa aderência”, aconselha a maquiadora Adriana Mendes da Costa.

De acordo com a profissional, para selar o corretivo e a base, o ideal é utilizar um pó translúcido, que é mais leve e não irá evidenciar linhas de expressão ou craquelar. Além disso, ajudará na fixação e evitará oleosidade.

Matilde Freitas

Jornalista, geminiana e vegetariana. Possui mais de 8 anos de experiência no mercado editorial. Além de produzir diversos conteúdos para EdiCase Publicações e Portal EdiCase, escreve para revistas e sites ligados ao veganismo e ao empoderamento feminino.

One thought on “Base e corretivo: aprenda a utilizar corretamente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *