Conheça as causas da celulite e saiba como combatê-la

Conheça as causas da celulite e saiba como combatê-la
Atitudes que ajudam a eliminar a celulite (Imagem: Shutterstock)

Hábitos saudáveis são fundamentais para driblar o problema causado pelo acúmulo de gordura

A celulite é algo que afeta grande parte das mulheres e, até mesmo, alguns homens. Segundo a dermatologista Cristiane Dal Magro, ela acontece na pele e no tecido subcutâneo e se manifesta por ondulações e retrações na pele. “Ocorre acúmulo de gordura, água e toxinas nas células, fazendo com que elas fiquem inchadas e endurecidas, com as funções habituais prejudicadas”, explica.

Locais atingidos pela celulite

A nutricionista Daniela de Araújo Medeiros explica que a celulite pode acometer qualquer parte do corpo, com exceção das palmas das mãos e pés e do couro cabeludo. “No entanto, os locais mais atingidos, são: porção superior das coxas, região glútea e porção superior dos braços”, ressalta.

> Mitos e verdades sobre nutrição

Mulheres e homens

As mulheres são as mais afetadas pelos temidos furinhos. De acordo com Cristiane Dal Magro, o problema pode ocorrer em até 90% das mulheres e raramente acontece nos homens.

“Os hormônios femininos colaboram no processo de retenção de líquido, que favorece as alterações metabólicas dos locais afetados. Tanto que no período menstrual é comum o agravamento da celulite”, destaca.

A nutricionista Daniela de Araújo Medeiros concorda e explica ainda que as mulheres possuem um número maior de células adiposas do que os homens, favorecendo o aparecimento da celulite.

“Outro fator preditivo, diz respeito ao hormônio estrógeno. O estrógeno é o principal hormônio envolvido no surgimento da celulite e principal responsável pelo agravamento da celulite durante a gestação, lactação e estrogenioterapia”, acrescenta.

Tratamento para a celulite

Como a celulite é uma alteração multifatorial, é muito difícil que ela seja tratada apenas com um mecanismo. Entretanto, como está diretamente ligada com o acúmulo de gordura, é comprovado que adquirindo hábitos de vida saudáveis, uma alimentação equilibrada e a prática de atividade física regular, é possível diminuir ou até eliminar os indesejados furinhos.

Beber água ajuda a eliminar a celulite (Imagem: Shutterstock)

Cuidados com a alimentação

A dermatologista Cristiane Dal Magro alerta que para o controle do peso e, consequentemente, da celulite é importante evitar gorduras ruins e carboidratos refinados. “Prefira alimentos magros e integrais, pois possuem digestão mais lenta, aumentando a saciedade. Por serem ricos em fibras, ajudam no bom funcionamento do intestino e auxiliam na remoção do excesso de gorduras e colesterol da dieta”, detalha.

> Como melhorar a alimentação e combater a gordura abdominal

Alimentos contra a celulite

A dermatologista aconselha a comer alimentos crus, como frutas, legumes e hortaliças, pois eles também ajudam a eliminar as toxinas, e a beber bastante água. “A água é também muito importante, por isso deve-se beber de 2 a 3 litros diariamente para melhorar a circulação sanguínea e linfática”, explica. A ingestão de lecitina, presente na soja e derivados, repara os tecidos, deixando a pele mais forte, tornando-a uma forte aliada contra a celulite.

Ainda de acordo com Cristiane Dal Magro, alimentos ricos em ácidos graxos essenciais evitam a perda de água pela pele, garantindo a elasticidade e integridade. Por isso, é válido consumir azeite de oliva, linhaça, nozes, castanhas e peixes.

Outros aliados contra a celulite

Um bom aliado contra a celulite, de acordo com a nutricionista Daniela de Araújo Medeiros, é o silício, encontrado em grande quantidade na aveia. Além dele, o colágeno presente nos alimentos proteicos de origem animal (peixe, carne vermelha e aves) também auxilia no tratamento contra os furinhos.

O açaí também é uma boa opção, pois é rico em antioxidantes. “O suco de uva, ou a própria uva, também auxiliam no combate à celulite, pois possuem proantocianidinas além de outros nutrientes anti-inflamatórios”, indica. Por isso, cuide da alimentação e pratique atividades físicas.

Leia mais sobre hábitos saudáveis na revista Seja Saudável

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.