4 dicas para encontrar o seu estilo de decoração

4 dicas para encontrar o seu estilo de decoração
Estilo de decoração não depende somente da estética do ambiente (Imagem: Shutterstock)

Existem diversos estilos de decoração para os mais variados espaços e tipos de pessoas. Por isso, escolher um entre tantos pode ser um desafio, principalmente para quem está decorando a casa pela primeira vez. Contudo, é importante saber que essa escolha não vai – nem deve – influenciar somente a estética do ambiente. “O melhor estilo de decoração, na minha visão, é aquele que confere à habitação uma identidade através do pertencimento e, consequentemente, traz acolhimento”, afirma a arquiteta e urbanista Jéssica Ruy.

1. Entenda quais são as suas necessidades

A profissional de Arquitetura e Urbanismo explica que, antes de escolher o estilo de decoração, também é importante entender como será a sua dinâmica de vida naquele espaço e como o design poderá ampará-lo funcionalmente. “Eu sugiro fazer um exercício de se imaginar naquele espaço e tentar captar quais sensações te trazem e refletir se será compatível com a vida que você leva”, sugere.

2. Descubra o seu estilo

Para descobrir o seu estilo, Ana Viana, do escritório de decoração Buji, sugere separar imagens de ambientes que te transmitam conforto. Para isso, você pode usar as redes sociais, como Pinterest e Instagram, ou até mesmo revistas. “Quando você tem essas imagens todas juntas, fica mais fácil ir percebendo seu estilo”, conta a profissional.

Segundo Ana Viana, mesmo as pessoas que têm um gosto bastante variado, acabam separando imagens com elementos similares. “Então, a gente vai afunilando as referências até perceber um padrão que dê pistas sobre o estilo do morador”, ensina.

Sala decorada com sofá cinza, tapete e quadros
Estilo de decoração depende do gosto pessoal de cada pessoa (Imagem: Shutterstock)

3. Escolha a decoração de acordo com o seu estilo

Não há exatamente um estilo de decoração que seja mais indicado para quem mora sozinho ou com a família, pois isso pode ser bastante pessoal e dependerá da personalidade, do estilo de vida do morador e do espaço disponível. “Existem pessoas que moram sozinhas e gostam de muito espaço, passam muito tempo em casa e se comprometem a cuidar de plantas e pets. Outras que viajam mais e preferem espaço pequeno. Então, morar sozinho não, necessariamente, define o estilo”, exemplifica Ana Viana.

4. Planeje a decoração

Começar a decorar um espaço do zero requer planejamento. Dessa forma, você evita gastos desnecessários, consegue aproveitar melhor os espaços e garantir funcionalidade, beleza e conforto no seu lar. Para isso, é ideal buscar ajuda de um profissional especializado, como arquitetos, decoradores e designers de interiores. Contudo, se não for possível, Jéssica Ruy explica que o primeiro passo para planejar a decoração é definir o orçamento.

“Depois, tirar todas as medidas do ambiente – paredes, janelas, portas, pé-direito, móveis que, porventura, serão reaproveitados, desníveis de piso, pontos de iluminação etc.”, acrescenta. Outra sugestão da arquiteta e urbanista é, se possível, desenhar as ideias de decoração antes de executá-las nos ambientes. “E, por fim, pesquisar e contratar a mão-de-obra”, conclui.

Laleska Diniz

Jornalista com formação pela PUC-SP. Apaixonada por produção de conteúdo, trabalha há quase 4 anos com comunicação. Na EdiCase, produz textos sobre os mais variados assuntos para revistas impressas e digitais, portal de notícias e Instagram.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.