Dicas de português: confira regras para uso do hífen

Dicas de português: confira regras para uso do hífen
Use o hífen corretamente (Imagem: Shutterstock)

Veja como usar o hífen corretamente e melhore seu desempenho em provas de concursos e vestibulares

Confira informações fundamentais para que você possa estudar em casa e se preparar para provas de concursos e vestibulares. Separamos para você algumas regras sobre o uso do hífen, seguindo a última reforma ortográfica.

Palavras compostas por justaposição

De acordo com a nova ortografia, usa-se o hífen em palavras compostas por justaposição cujos elementos (substantivos, adjetivos, numerais ou verbos) constituam uma unidade sintagmática e semântica e com acento próprio, ainda que o primeiro elemento esteja reduzido.

> Formatação ABNT usando o Word

Exemplos: ano-luz, tenente-coronel, sul-africano, arco-íris, norte-americano, decreto-lei, mato-grossense, fura-bolo.

Topônimos compostos

Usa-se o hífen em topônimos compostos iniciados pelo adjetivo grão/grã ou por verbo, mesmo que haja artigo entre seus elementos.

Exemplos: Grão-Pará, Grã-Bretanha, Baía de Todos-os-Santos, Trás-os-Montes.

Palavras compostas

O hífen deve ser usado em palavras compostas que designam espécies botânicas e zoológicas.

> Aprenda a estruturar a redação e alcance a nota máxima

Exemplos: abóbora-menina, louva-a-deus, cobra-d’água, couve-flor, feijão-verde, erva-doce, bem-me-quer, bem-te-vi.

Compostos formados pelos advérbios

Emprega-se o hífen nos compostos formados pelos advérbios bem ou mal (no primeiro elemento da palavra) e por qualquer palavra iniciada por vogal ou h (no segundo elemento).

Exemplos: bem-aventurado, bem-humorado, mal-afortunado, bem-estar, mal-estar, mal-humorado.

Advérbio “bem”

O advérbio bem, ao contrário do advérbio mal, pode não se aglutinar com o segundo elemento, ainda que esse seja iniciado por consoante, quando se mantém a noção da composição.

> Redação nota 10: dicas para melhorar o seu texto

Exemplos: bem-criado (cf. malcriado), bem-nascido (cf. malnascido), bem-visto (cf. malvisto), benfeitor, benfazejo, benfeito.

Outros usos do hífen

O hífen deve ser empregado nos compostos com os elementos: além, aquém, recém e sem.

Exemplos: além-mar, recém-casado, sem-terra, sem-teto, sem-vergonha, aquém-fiar.

Deve-se usar o hífen em encadeamentos vocabulares ocasionais ou nas combinações históricas.

Exemplos: a divisa Liberdade-igualdade-fraternidade, a ponte Rio-Niterói, angola-Brasil.

Leia também

Aplicativos para organização dos estudos

6 dicas para relaxar antes da prova

Matemática: veja como fazer regra de três simples

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.