5 filmes brasileiros que marcaram o Festival de Cannes

5 filmes brasileiros que marcaram o Festival de Cannes
Festival de Cannes é um dos mais renomados do universo cinematográfico (Imagem: Reprodução digital | Companhia Cinematográfica Vera Cruz)

A 76ª edição do Festival de Cannes, também conhecido como ‘Festival Internacional de Cinema’, começa nesta terça-feira (16) e vai até o dia 27 de maio. O evento é considerado um dos mais importantes da indústria cinematográfica e costuma dar visibilidade para cineastas de todo o mundo.

Na mostra, filmes e documentários de diversos produtores são exibidos e concorrem a prêmios como a Palma de Ouro, um dos mais disputados. Obras de diferentes países participam da celebração. Inclusive, o Brasil já marcou história na cerimônia. Por isso, confira a seguir 5 produções brasileiras que se destacaram no evento!

1. O Cangaceiro (1953)

Cena do filme 'O Cangaceiro'
Filme ‘O Cangaceiro’ (Imagem: Reprodução digital | Companhia Cinematográfica Vera Cruz)

Dirigido por Aníbal Massaini Neto, o filme marcou a entrada dos brasileiros em um dos mais importantes eventos da indústria cinematográfica. Baseado no drama literário de Lima Barreto, a obra conquistou um dos prêmios já extintos do festival, o de aventura.

O longa narra a história do Capitão Galdino (Paulo Gorgulho), um cangaceiro que aterroriza vilarejos com o seu bando. Em uma de suas aventuras, eles sequestram a professora Olívia (Ingra Lyberato) e pedem dinheiro para o resgate. No entanto, Galdino e Teodoro (Alexandre Paternost), seu braço direito, acabam se apaixonando pela mulher e iniciam uma disputa pelo seu amor.

Onde assistir: YouTube.

2. O Pagador de Promessas (1962)

Protagonista do filme 'O Pagador de Promessas' carregando uma cruz
Filme ‘O Pagador de Promessas’ (Imagem: Reprodução digital | Cinedistri)

Escrito pelo romancista Dias Gomes, até o momento, o filme é a única produção brasileira a conquistar a prestigiada Palma de Ouro. A obra também chegou a ser indicada ao Oscar de Melhor Filme Internacional, mas não garantiu o prêmio.

Do gênero drama, o longa acompanha a história de Zé Burro, um homem de origem humilde que, após o seu asno de estimação ser atingido por um raio, faz a promessa a Santa Bárbara de carregar nas costas uma cruz de madeira até a igreja da santa caso o animal seja salvo. Contudo, ele percebe que a tarefa pode não ser tão simples quando esbarra com diversas dificuldades no caminho.

Onde assistir: GloboPlay.

3. Eu Sei Que Vou Te Amar (1986)

Cena do filme 'Eu Sei que Vou Te Amar'
Filme ‘Eu Sei que vou Te Amar’ (Imagem: Reprodução digital | Embrafilme)

Estrelado pela atriz Fernanda Torres, o filme garantiu, pela primeira vez, o prêmio de ‘Melhor Interpretação Feminina’ no evento. Na obra, um jovem casal decide terminar o relacionamento, mas, depois de um tempo, marcam um encontro para discutir a relação. Em duas horas, eles vivem um jogo de psicanálise, em que falam a verdade sobre tudo o que já viveram.

Onde assistir: ClaroTV+.

4. Linha de Passe (2008)

Irmãos do filme 'Linha de Passe' jogando bola
Filme ‘Linha de Passe’ (Imagem: Reprodução digital | Media Rights Capital)

Após anos sem ganhar nenhum prêmio, o Brasil retornou ao festival e, com a obra dirigida por Daniela Thomas e Walter Salles, garantiu pela segunda vez o título de ‘Melhor Atriz Feminina’, graças à atuação de Sandra Corveloni no papel de Cleusa.

No longa, quatro irmãos são criados pela mãe, que trabalha como empregada doméstica e está grávida de um homem desconhecido. Com a ausência de uma figura paterna, os meninos lutam para conquistar os seus sonhos, lidam com as transformações religiosas no Brasil e o destaque do futebol no país, que rende a um deles a oportunidade de mudar de vida.

Onde assistir: YouTube e Google Play Filmes e TV.

5. Bacurau (2019)

Cena do filme 'Bacurau'
Filme ‘Bacurau’ (Imagem: Reprodução digital | Vitrine Filmes)

Dirigido por Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, o filme ganhou o ‘Prêmio do Júri’ no festival francês, em 2019. Empatado com a produção ‘Les Misérables’, o longa venceu a disputa e garantiu, pela primeira vez, ao Brasil, um título na categoria.

Estrelado por Silvero Pereira, Bárbara Colen e Udo Kier, a trama conta a história de um povoado distante localizado no sertão brasileiro chamado ‘Bacurau’, que misteriosamente desaparece do mapa. No entanto, a comunidade passa a receber, pela primeira vez, estranhas visitas de drones e estrangeiros. Junto aos novos visitantes, uma série de assassinatos misteriosos começam a acontecer e os habitantes da cidade precisam se reunir para se defender, mas como lutar contra um inimigo desconhecido?

Onde assistir: YouTube e Google Play Filmes e TV.

Vitoria Rondon

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.