O papel da alimentação no bom funcionamento dos rins

O papel da alimentação no bom funcionamento dos rins

Conheça os alimentos  que melhoram e os que pioram a saúde desse órgão

Os rins são fundamentais para o bom funcionamento do nosso corpo, mas a nossa alimentação tem um papel fundamental na saúde e função deles. Os alimentos que escolhemos podem prevenir doenças, melhorar o funcionamento ou desencadear doenças. Pensando nisso, vamos explicar o que você deve evitar e o que consumir para manter o seu corpo saudável.

Rins X alimentação  

Os rins desempenham um importante papel na eliminação de toxinas do nosso organismo, dessa forma, é fundamental cuidar adequadamente da alimentação. “Muitos fatores podem gerar adoecimento dos rins e, como consequência, desenvolvimento de doenças renais. Um dos fatores que influenciam na saúde renal é a alimentação, muitos alimentos podem gerar doenças e outros ajudam a preveni-las”, explica Sandro Ferraz.

Alimentos  que melhoram a saúde dos rins

Veja a lista  indicada pelo nutrólogo Sandro  

Alho

Ajuda a prevenir lesões que causam insuficiência, tem propriedades diuréticas, entre outros benefícios.

Maçãs

Ajudam a impedirdisfunção renal e melhoram o funcionamento do rim de quem já está adoecido.

Melancia

A melancia possui grande quantidade de água, o que melhora a saúde renal. Também possui propriedades depurativas, que ajudam a limpar os rins e prevenir infecções.

Gengibre

O gengibre  é termogênico, possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, ajudam a  aumentar a função renal, na reparação de tecidos renais, previnem a inflamação ao redor dos rins e a formação de cálculo renal.

Pimentas vermelhas
São ricas em nutrientes, termogênicas  e aumentam a função renal.

Cereja: 

Ajudam a melhorar a função renal.

Limão

Ajuda a prevenir pedras nos rins e a dissolver os minerais nesse órgão.

Azeite  

Ajuda a melhorar a função renal.

Aipo

É rico em água, possui propriedades diuréticas, aumenta a produção de urina e a limpeza dos os rins.

Cebola

Possui boa quantidade de  água e minerais, é rico em antioxidantes benéficos para órgãos como os rins e o coração. Suas propriedades também ajudam a regular o metabolismo e a eliminar as toxinas que o corpo não precisa.

Aspargos

 ajudam a estimular os rins e na eliminação natural de resíduos.

Alimentos que afetam os rins

Assim como existem os alimentos que melhoram o funcionamento dos rins, também têm aqueles que podem piorar a saúde do órgão. “Alimentos ricos em purinas, como carnes vermelhas e embutidos, peixes como a sardinha e a anchova, bebidas alcoólicas, especialmente a cerveja, alimentos ricos em proteína, como o consumo excessivo de carne, peixe e ovos, que sobrecarregam os rins”, alerta o nutrólogo.

Veja outros alimentos citados por ele:

  • Ingestão excessiva de sal: enquanto o sal é essencial para o nosso corpo, consumi-lo em grandes quantidades faz com que nossos rins tenham que reter mais água para elimina-lo, que pode causar o aumento da pressão arterial e, a longo prazo, causar  possíveis danos aos rins.
  • Refrigerantes: podem influenciar no surgimento de pedras nos rins, especialmente quando são muito consumidos.
  •  Lácteos: o consumo excessivo de leite e produtos lácteos pode aumentar a excreção de cálcio pela urina. Isto pode gerar o desenvolvimento de pedras nos rins, mas somente em casos onde já há uma predisposição para esse problema.
  •  Cafeína: o consumo em excesso de cafeína aumenta o risco de formação de pedras nos rins.

Matilde Freitas

Jornalista, geminiana e vegetariana. Possui mais de 8 anos de experiência no mercado editorial. Além de produzir diversos conteúdos para EdiCase Publicações e Portal EdiCase, escreve para revistas e sites ligados ao veganismo e ao empoderamento feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *