Reumatismo: tipos, causas, sintomas e tratamentos

Reumatismo: tipos, causas, sintomas e tratamentos

Veja como as doenças reumáticas atingem o corpo e como combatê-las

Reumatismo é uma nomenclatura usada para se referir à várias enfermidades. Quando se fala em doença reumática, é comum que as pessoas logo associem a doença aos idosos, mas não se engane, pode atingir também crianças e jovens.

Você sabe o que é reumatismo?

“Reumatismo é um nome genérico dado às doenças que acometem as articulações e os tecidos a elas relacionados, como os tendões e os ossos. Como a articulação é uma estrutura muito complexa, várias doenças podem ser classificadas como “reumatismo”, desde as tendinopatias até as artrites de natureza autoimune”, explica a médica da Sociedade de Reumatologia do Rio de Janeiro, Ingrid Moss.

Ainda de acordo com a médica, na maior parte das vezes, o termo reumatismo faz referência à osteoartrite ou artrose, uma doença crônica de natureza degenerativa da cartilagem que acomete diversas pessoas em todo o mundo. Além disso, as doenças reumáticas também podem afetar articulações e órgãos internos como coração e rim.

Tipos de doenças reumáticas

Entre as doenças reumáticas mais conhecidas está a artrose, ou osteoartrite. “Acomete milhões de pessoas em todo o mundo e, por ser a doença mais frequente e acometer mais os idosos, criou-se o estigma que reumatismo é doença de idoso, mas isso não é verdade. Algumas doenças inflamatórias como o lúpus, a artrite reumatoide e a espondilite anquilosante podem ocorrer em pessoas mais jovens e até em crianças”, analisa Ingrid Moss.

Segundo a reumatologista, essas doenças são bem menos comuns que a artrose, requerem tratamento específico, e podem cursar com o envolvimento de outros órgãos do corpo, como olhos, pulmões, rins, dentre outros. “No início da doença, muitos dos sintomas podem ser pouco específicos de uma ou outra forma de reumatismo, por isso é tão importante a avaliação especializada do reumatologista”, aconselha.

Causas das doenças reumáticas

Uma vez que existem vários tipos de doenças reumáticas, as causas delas também podem ser diversas. “Dividimos, de forma mais simplificada, as doenças reumáticas entre aquelas de natureza predominante mecânica (artrose, tendinopatias mecânicas) e as doenças com envolvimento inflamatório mais importante. Essas doenças inflamatórias podem ter várias causas, como as doenças autoimunes (lúpus, artrite reumatoide), as infecções (artrite infecciosa, artrites relacionadas às arboviroses) e as artrites causadas por cristais (gota e pseudogota), por exemplo”, explica Ingrid Moss.

Grupos de risco das doenças reumáticas

As doenças podem afetar qualquer pessoa, mesmo que alguns grupos sejam mais atingidos com determinada doença. “A artrose, por exemplo, acomete mais os idosos e pessoas que convivem com sobrecarga mecânica das articulações (obesos, trabalhadores braçais, atletas de alto desempenho)”, explica a reumatologista

Ainda segundo Ingrid Moss, a presença de um familiar de primeiro grau com doença reumática também aumenta as chances de desenvolvimento de outros casos na família, dependendo da doença. Por isso, o histórico familiar é sempre investigado no momento da consulta.

Saiba identificar os sintomas

Como existem centenas de doenças reumáticas, os sintomas variam muito de acordo com cada uma delas. “Mas, geralmente, incluem dor e limitação da articulação acometida. Às vezes, pode ocorrer inchaço e vermelhidão. A rigidez (sensação de “juntas enferrujadas”) é bastante frequente, e costuma ser mais leve nas doenças degenerativas e mais prolongada (maior que uma hora) nas doenças inflamatórias”, esclarece a reumatologista Ingrid Moss.

Como tratar doenças reumáticas?

A cura ou tratamento para as doenças também podem variar em cada caso. “Doenças normalmente conhecidas como reumatismos de partes moles, como tendinites, bursites, e alguns tipos de artrites infecciosas têm cura. As doenças reumáticas crônicas não têm cura, mas têm tratamento e controle, que melhoram bastante os sintomas e a qualidade de vida”, afirma a reumatologista.

Veja como prevenir

Algumas doenças reumáticas são autoimunes. Portanto, não há como prevenir, vai depender da doença. “A maior parte das artrites de natureza autoimune é muito difícil de prevenir. O mais importante é ficar atento aos sintomas e procurar o reumatologista o mais cedo possível”, explica a médica da Sociedade de Reumatologia do Rio de Janeiro.

Como prevenir a artrose

Ainda de acordo com Ingrid Moss, diferentemente da artrite reumatoide, a artrose tem uma maior chance de prevenção, “por meio do controle precoce dos fatores de risco mecânicos que favorecem o seu aparecimento, como evitar a obesidade, praticar exercícios físicos regulares sob supervisão e de forma correta e evitar posturas inadequadas tanto no trabalho quanto nas demais atividades diárias”.

Doenças reumáticas em homens e mulheres

Algumas doenças reumáticas afetam mais homens e outras, mulheres. “A gota, as espondiloartrites e alguns tipos de artrose afetam mais os homens. Outras doenças reumáticas como o lúpus, a artrite reumatoide e a artrose de mãos são mais comuns no sexo feminino, mas isso não é uma exclusividade, já que todas as doenças podem acometer ambos os sexos. Ainda não está claro porque isso acontece, mas as diferenças hormonais possivelmente estejam implicadas nesse contexto”, analisa a médica Ingrid Moss.

Avatar

Matilde Freitas

Jornalista, geminiana e vegetariana. Possui mais de 8 anos de experiência no mercado editorial. Além de produzir diversos conteúdos para EdiCase Publicações e Portal EdiCase, escreve para revistas e sites ligados ao veganismo e ao empoderamento feminino.

3 thoughts on “Reumatismo: tipos, causas, sintomas e tratamentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *