Veja como inserir o conceito hygge na decoração

Veja como inserir o conceito hygge na decoração
Hygge transmite conforte e leveza (Imagem: Shutterstock)

Aplique em casa o estilo de vida que preza pelo bem-estar e aconchego

Inserir o conceito hygge na decoração pode ser uma ótima opção para quem tem buscado deixar a casa mais acolhedora. A palavra hygge, que pode ser pronunciada como “hu-ga”, ainda não tem uma tradução literal para a língua portuguesa. No entanto, o termo é entendido como um estilo de vida que tem como objetivo inserir bem-estar, aconchego e conforto na rotina.

Origem do conceito

O estilo de vida hygge surgiu entre os países escandinavos. Devido aos longos períodos de frio rigoroso e curtas horas de sol, a população passa a maior parte do tempo dentro de casa. Por isso, nasceu a necessidade de criar formas de deixar os momentos mais confortáveis e aconchegantes.

> Decoração escandinava: conheça essa tendência

Dentre os países escandinavos, o conceito é empregado principalmente pela Dinamarca. Não é à toa que, em 2020, a Dinamarca foi considerada o segundo país mais feliz do mundo, de acordo com Relatório Mundial da Felicidade da ONU (Organização das Nações Unidas). O país ficou atrás somente da Finlândia.

Aplicação na decoração

A decoração da casa é algo que diz muito sobre a personalidade e o estilo de vida do morador. Logo, o hygge também pode ser incluído na decor. Pois, além de proporcionar bem-estar, ele também representa uma forma de enxergar o mundo.

“A verdadeira decoração não é combinar a luminária com o tapete, mas transmitir uma ideia. Assim, preparar as residências para expressar as sensações que se buscam com o hygge, é fundamental para quem se identifica com esse estilo de vida”, aponta o arquiteto Everton Sentinello, proprietário do Estúdio Sentinello.

Por isso, conforme explica a designer de interiores Larissa Santo, o estilo pode ser aplicado de diversas formas: desde as cores nas paredes até os objetos utilizados para decorar os ambientes, como velas, almofadas e mantas no sofá.

> Ambientes integrados: conheça a tendência que une dois ou mais cômodos

Hygge com outros estilos

Conceito preza pelo bem-estar e comodidade (Imagem: Shutterstock)

O hygge também pode ser incorporado aos mais variados tipos de decoração, já que a ideia central é inserir bem-estar no dia a dia. Contudo, o proprietário do Estúdio Sentinello alerta que é necessário ter cuidado para não descaracterizar o estilo principal escolhido, mas sim criar uma harmonia entre ambos.

Elementos importantes

Itens que transmitam conforto, leveza e aconchego são essenciais para a construção de uma decoração com o conceito hygge. Por isso, os profissionais indicam o uso de velas (inclusive, as aromatizadas), elementos com texturas, luminárias com luz esmaecida, objetos com valor afetivo, tapetes macios, cobertores e mantas aconchegantes, almofadas macias, sofás e cadeiras confortáveis.

Além disso, elementos que remetem à natureza também são muito bem-vindos para deixar o ambiente ainda mais agradável. Dessa forma, pode-se incluir na decoração plantas, materiais como lã e madeira. Você também pode valorizar a iluminação natural.

> Design biofílico: conheça o conceito que preza pela conexão com a natureza

Poder das cores

As cores também são bastante importantes para inserir o conceito hygge na decoração. Dessa forma, para construir ambientes agradáveis e aconchegantes, os tons mais utilizados são os neutros, pastéis, cinzas, marrons e brancos.

A designer de interiores Larissa Santo recomenda utilizar as cores cinza e branco para sofás, tecidos e paredes. Já os tons pastéis, podem vir de outros elementos usados para compor a decoração.

Hygge no Brasil

O Brasil tem um clima bastante diferente dos países nórdicos. Na maior parte do país, por exemplo, o inverno não costuma ser tão rigoroso. Mas, ainda assim, é totalmente possível aplicar o hygge na decoração residencial – desde que feitos alguns ajustes.

> Como tornar a decoração da sua casa mais sustentável

De acordo com o arquiteto Everton Sentinello, o calor é um dos aspectos que merecem atenção. “O hygge busca texturas para proteção contra o frio extremo, o que não acontece no nosso caso. Assim, aqui no Brasil, deve-se ter cuidado para não criar um ambiente ‘quente’, porque, para nós, o conforto pode estar no ‘fresco’, sem perder o prazer e o toque dos materiais que o hygge prioriza”, afirma.

Leia também

Veja as sensações proporcionadas pelas cores na decoração

Estilo tropical: conheça a tendência que preza pelo contato com a natureza

Revista Projeto decoração: decoração contemporânea

Laleska Diniz

Jornalista com formação pela PUC-SP. Apaixonada por produção de conteúdo, trabalha há quase 4 anos com comunicação. Na EdiCase, produz textos sobre os mais variados assuntos para revistas impressas e digitais, portal de notícias e Instagram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *