6 cuidados com a pele para envelhecer bem

6 cuidados com a pele para envelhecer bem
É possível envelhecer com a pele bonita e saudável (Imagem: Shutterstock)

Envelhecer bem e com a pele bonita é um desejo da maioria das pessoas. Por causa disso, os cuidados com a pele têm começado mais cedo. Afinal, tratamentos regulares a partir de uma idade mais jovem impedem procedimentos invasivos a longo prazo.

“A pessoa pode fazer procedimentos para melhorar os pontos que não gosta, mas não deve se transformar em algo que não é ou ficar parecida com outra pessoa”, alerta Geisa Costa, médica especialista em dermatologia, idealizadora do Art Beauty Center (SP) e da clínica Geisa Costa (Uberaba/MG).

A seguir, confira algumas dicas de cuidados com a pele que irão te ajudar a envelhecer bem!

Receba as novidades sobre Saúde e Bem-estar, Astrologia, Beleza, Culinária e muito mais!

1. Fotoproteção é imprescindível 

“O que mais envelhece, que degrada o colágeno da pele, é o sol. Então o uso do fotoprotetor no skincare é importantíssimo”, comenta Geisa Costa. Você precisa usar, inclusive, em dias nublados e na frente do computador, já que a luz azul pode trazer consequências negativas para a pele. 

2. Cada idade precisa de um tipo de cuidado 

De acordo com a dermatologista, para as peles mais jovens é indicado uma hidratação mais leve. Para as mais velhas, por sua vez, é indicada uma hidratação média com “ativos e ácidos que podem provocar mais rejuvenescimento e renovação celular da pele”. 

3. Atenção com a esfoliação

Esfoliar diariamente a pele compromete a barreira cutânea, pois a pele perde sua função de proteção. “Por exemplo, na pele oleosa, o excesso de esfoliação leva ao aumento de oleosidade, causando o efeito rebote”, alerta Geisa Costa. Quando ela é realizada com bons produtos, de forma correta e com a indicação do dermatologista, atua na renovação, eliminando as células mortas e impurezas, melhorando a textura e brilho. 

Mulher aplicando produto com conta gotas em seu rosto e utilizando roupão branco
Cuide da pele utilizando bons produtos (Imagem: Shutterstock)

4. Cuidado com atitudes que prejudicam a pele

A pele é a conexão do nosso meio interior com o exterior. Então, nada de espremer cravos e espinhas, tomar sol sem fotoprotetor, deixar a pele ficar queimada, usar receitas sem saber se funcionará para a sua pele. Não confie o seu rosto a profissionais não habilitados para procedimentos minimamente invasivos e procedimentos de estética. Saiba com quem você está se tratando.

5. Procedimentos injetáveis

Todos pensam que podem e devem aplicar a toxina botulínica e o ácido hialurônico. No entanto, os procedimentos devem ser indicados por um especialista e o resultado deve ser natural. “Esse é o objetivo de um injetável: a pessoa olha a outra, vê que tem algo diferente, mas não sabe o que é”, garante a especialista. 

6. Saúde de todo o corpo influencia na aparência da pele

Você precisa melhorar a alimentação para ter uma pele bonita e saudável. Então, a consulta com um nutrólogo e nutricionista é importante para analisar se há alguma alteração no funcionamento do organismo, o que precisa suplementar e o que você deve evitar. O mesmo com um psicólogo e psiquiatra. O estresse, a ansiedade e o medo podem prejudicar a pele e, até mesmo, desencadear doenças cutâneas. Por isso, esse acompanhamento multidisciplinar é importante.

Por Ana Marigliani

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.