4 problemas que um imóvel irregular pode causar ao proprietário

4 problemas que um imóvel irregular pode causar ao proprietário
Imóveis irregulares podem gerar prejuízos financeiros e perda de patrimônio (Imagem: Artazum | Shutterstock)

Conquistar a casa própria está entre os sonhos de boa parte dos brasileiros. No entanto, ele pode se tornar um pesadelo se alguns processos burocráticos não forem atendidos, que vão desde o status de irregularidade do imóvel, que segundo o Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional, representa cerca de 40 milhões das moradias no Brasil, até a possível perda deste bem.

“Quando falamos em compra e venda de imóveis, é preciso pontuar que 95% destas transações são feitas para pessoas que compram em média um único imóvel durante toda a vida, sendo os outros 5% representados por investidores. Logo, a maioria das pessoas se deparam uma única vez com toda uma documentação necessária para a efetivação da regularização do imóvel. Isso também contribui para o alto número de irregularidades imobiliárias”, explica Marcos Salomão, professor e registrador de imóveis.

Diante disso, é possível afirmar que comprar um imóvel não é tão simples assim e o acompanhamento de um especialista é crucial para que tudo dê certo. Do contrário, os riscos de tornar a moradia irregular são grandes. Abaixo, listamos os principais problemas que podem ser enfrentados pelo proprietário nesta situação. Confira!

Receba as novidades sobre Saúde e Bem-estar, Astrologia, Beleza, Culinária e muito mais!

1. Desvalorização do patrimônio

Primeiramente, é importante frisar que, o imóvel em condição de irregularidade valerá bem menos que o imóvel regular. Portanto, na hora da venda, há uma perda de dinheiro, de valores, porque a pessoa que compra sempre dará preferência por adquirir um imóvel matriculado.

2. Impedimento de financiamento

O imóvel irregular não consegue financiamentos bancários. Uma das exigências do sistema financeiro é que ele tenha a matrícula própria e esteja com as construções devidamente averbadas. Portanto, a irregularidade está fora dos planos de financiamento para a compra de imóveis.

Mulher sorridente com chave de casa própria nas mãos
Imóveis regularizados facilitam processos de herança (Imagem: fizkes | Shutterstock)

3. Dificuldades com herança

Para os herdeiros, é sempre muito difícil receber o imóvel irregular do pai ou da mãe, pois eles terão que providenciar as cabíveis medidas de regularização, e isso sem conhecerem a história total do imóvel, por exemplo, de como o pai adquiriu o bem.

4. Risco de perda

Imóveis irregulares podem ser mais complexos do que a gente pensa. Muitos podem estar construídos até mesmo em áreas públicas ou de impossível licenciamento. Então, se você vai comprar uma casa, é imprescindível se certificar sobre a área em que está alocado.

Além disso, você já deve ter ouvido a frase: “Quem não registra, não é dono”. A antiga afirmação, construída no código civil de 1916, vigia até hoje aqueles que não estão com seu nome inscrito na matrícula do imóvel. Para o direito, eles não são donos, ficando na categoria de possuidores.

Por Gabriella Torres

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.