10 atrações turísticas para curtir em Porto Velho

10 atrações turísticas para curtir em Porto Velho
Município de Porto Velho é rico em belezas naturais (Imagem: Shutterstock)

Passar um dia em Porto Velho, em Rondônia, significa dedicar um tempo para apreciar as belezas naturais e conhecer um pouco mais sobre a história do Brasil. O local é repleto de cultura e costumes locais que chamam a atenção dos turistas todos os anos. Além disso, é cercado pela floresta Amazônica, o que proporciona uma vista exuberante e um tour no Rio da Madeira, um dos maiores e mais importantes do Brasil.

A seguir, confira pontos turísticos para explorar na região e aproveitar a viagem.

1. Praça das três caixas d’água

Localizada na parte alta do centro antigo de Porto Velho, a praça das Três Caixas D´água é um ponto tradicional de eventos na cidade. Também conhecidas como Três Marias, as caixas d’água são um símbolo da história da construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré. Foram trazidas dos Estados Unidos e instaladas entre 1910 e 1912. Serviram para abastecer a cidade até 1957.

Receba as novidades sobre Saúde e Bem-estar, Astrologia, Beleza, Culinária e muito mais!

Estrada de Ferro da Madeira em Porto Velho
Estrada de ferro Madeira Mamoré é o principal ponto turístico de Porto Velho (Imagem: Shutterstock)

2. Estrada de ferro Madeira Mamoré

A EFMM é o principal ponto turístico de Porto Velho, devido a sua linda história. Foi a 15ª ferrovia a ser construída no país, tendo as suas obras sido executadas entre 1907 e 1912. Antigamente a linha estendia por 366 km na Amazônia, ligando Porto Velho a Guajará-Mirim, mas há bastante tempo essa linha não é mais utilizada. Atualmente, a prefeitura realizou uma ampla reforma no pátio de manobras e dotou a área num imenso centro de eventos e convenções que deve estar pronto para ser entregue à cidade em 2023. O espaço está sendo licitado para operação.

3. Mercado Cultural

Inaugurado em 15 de maio de 2010, o antigo Mercado Público de Porto Velho, conhecido agora como Mercado Cultural, é palco permanente de toda forma de manifestação da arte e ponto garantido de encontro dos apreciadores da boa música, dança e exposições. O mercado conta com um anfiteatro, praça de alimentação e lojas para vendas de produtos regionais como artesanato, CDs de artistas locais, livraria e comidas típicas. Em sua tenda branca, na área externa, diariamente existe uma programação cultural nova.

4. Capela de Santo Antônio

A centenária capela de Santo Antônio de Pádua é uma das raras heranças do antigo município de Santo Antônio do Rio Madeira, que pertencia ao Mato Grosso, foi extinto e anexado a Porto Velho em 1944. Sua inauguração oficial ocorreu em setembro de 1914. A capela fica localizada a 7 km do centro de Porto Velho e, geralmente, fica aberta diariamente para visitação. É um local bucólico, repleto de fé e apropriado para reflexão espiritual.

5. Parque ecológico de Porto Velho

Fica localizado na região Norte de Porto Velho, a 15 km da área central da cidade e conta com cerca de 2.000 hectares de área preservada. Um pequeno Jardim Zoológico exibe, preserva e cria animais silvestres da fauna amazônica recuperados de cativeiros particulares e irregulares. Recebe muitos visitantes, especialmente aos fins de semana.

6. Palácio Getúlio Vargas

Construído em 1949, esse edifício é uma homenagem ao ex-presidente Getúlio Vargas, responsável pela criação do Território Federal do Guaporé, atual estado de Rondônia. Localizado na praça de mesmo nome, onde se encontra o Marco do Centenário da Independência do Brasil, o palácio é a sede do governo estadual. Não é permitida a entrada do público em seu interior.

7. Memorial Rondon

Foi inaugurado no dia 10 de dezembro de 2015, em comemoração ao sesquicentenário do Marechal Cândido Mariano da Silva Rondon (1865-2015) e ao centenário da Linha Telegráfica Estratégica de Cuiabá a Santo Antônio do Madeira (1915-2015). Hoje é o maior acervo sobre Rondon em exposição no
País. Rondon é o único brasileiro a dar nome a um Estado, além de ter o seu nome gravado em letras de ouro na Sociedade de Geografia de Nova York, dentre os cinco maiores exploradores do planeta e o que mais se aventurou por terras tropicais.

8. Casa da Cultura Ivan Marrocos

A Casa de Cultura nasceu de reivindicações constantes dos artistas plásticos, que não tinham espaços dignos para mostrarem suas obras. Em 04 de novembro de 1994 foi criado, então, o Espaço Cultural de Artes Plásticas. Em 23 de outubro de 1995, passou a chamar-se Casa da Cultura Ivan Marrocos, em homenagem a um jornalista homônimo. A partir daí mudou o seu raio de atuação. Anteriormente dedicada apenas às artes plásticas, passou a atuar no grande e complexo universo cultural.

Catedral Sagrado Coração em Porto Velho
Catedral Sagrado Coração de Jesus é considerada patrimônio histórico do Estado de Rondônia (Imagem: Shutterstock)

9. Catedral Sagrado Coração de Jesus

A catedral de Porto Velho, apesar de ter tido sua pedra fundamental lançada em 3 de maio de 1917, somente em 1927 teve sua construção definitiva efetivamente iniciada. Monumental obra em estilo clássico colonial, fica localizada em frente ao palácio Tancredo Neves e é patrimônio histórico do Estado de Rondônia.

10. Casa do Avião e Café Quixadá

Famoso pela fabricação de aviões no quintal de casa, Geraldo Benedito de Araújo, de 68 anos, é dono de um ponto que acabou integrando a rota do turismo na capital rondoniense e que atrai diversos curiosos para conhecer de perto réplicas de aeronaves. Um sonho de infância que começou a ser desenhado muito cedo, mas que só ganhou força por volta dos 65 anos. “A ideia de construir a Casa Avião é um sonho de criança que não se apagou da minha mente e que depois, com a idade de 65 anos, consegui realizar”, explica Geraldo.

Publicado pela Revista Qual Viagem.

Por Revista Qual Viagem

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.