BBB 23: conheça a trajetória da participante Aline Wirley

BBB 23: conheça a trajetória da participante Aline Wirley
Aline Wirley é uma das artistas favoritas pelo público do BBB 23 (Imagem: Reprodução digital | TV Globo)

Após ser um dos nomes mais citados na lista de famosos cotados para o BBB 2023, Aline Wirley é oficialmente integrante do time “camarote” do reality show. Conhecida após vencer o programa “PopStars” (2002), do SBT, a ex-integrante do grupo Rouge é considerada uma das favoritas do público e promete agitar a casa mais vigiada do Brasil.

“Gosto de gente, gosto de viver, gosto de ser feliz, de tomar bons drinks, dar risada, de dançar…”, disse ela em entrevista ao Gshow. Falando de sua trajetória pessoal, afirmou que se considera uma vencedora de paradigmas e que deseja influenciar outras mulheres pretas.

“E é por isso que eu estou aqui e vou entrar no BBB. Porque eu sei que uma mulher como eu, em um lugar como esse, dá possibilidade de muitas mulheres e meninas se enxergarem. Não é só sobre mim. Somos muitas, e a gente só quer ser feliz. Só isso”. Conheça, a seguir, a história da artista e saiba o que esperar dela no programa.

Receba as novidades sobre Saúde e Bem-estar, Astrologia, Beleza, Culinária e muito mais!

Início de carreira

Nascida em Cachoeira Paulista, interior de São Paulo, em 18 de dezembro de 1981, Aline Wirley da Silva já atuou como telefonista de telemensagem, empregada doméstica e estudou teatro antes de entrar para o mundo dos famosos. Em 2002, a cantora se inscreveu para participar do reality show “Popstar” e, após vencer diversas etapas, foi escolhida para integrar o grupo Rouge, a partir do qual ganhou destaque e conquistou o público.

Junto à Luciana Andrade, à Fantine Thó, à Karin Hils e à Lissah Martins, a cantora embalou o início dos anos 2000 com hits como “Um anjo veio me falar”, “Não dá para resistir” e “Ragatanga”, além de coreografias que marcaram gerações. Apesar disso, em 2006, a artista decidiu deixar o grupo e seguir carreira solo, usando o nome “Aline Willy”.

Atriz e cantora Aline Wirley com a mão no queijo e sorrindo
Aline Wirley lançou o seu primeiro álbum solo em 2009 (Imagem: Reprodução digital | TV Globo)

Trajetória no teatro e na música

Em 2008, a artista se encontrou no teatro musical e interpretou o seu primeiro papel na peça “O Soar da Liberdade”, interpretando a personagem Mia. Junto ao musical, produziu o seu primeiro álbum solo, lançado em 2009, com o título “Saudades do Samba”. No final desse mesmo ano, ela participou do musical da Broadway “Hairspray”, com Karin Hills.

Em 2012, combinando a carreira musical com o teatro, a cantora continuou brilhando nos palcos de importantes musicais como “Tim Maia: Vale Tudo”, mas logo decidiu investir na carreira musical. Em 2013, após estudar e adquirir experiência, saiu em tour com o show solo “Ritualística”, interpretando canções da MPB e Tropicália. Em 2016, retornou aos musicais com a peça “Show em Simonal” interpretando Ângela, uma das vocalistas que acompanhavam Wilson Simonal.

Casamento e maternidade

Em 2010, enquanto integrava o elenco Hairspray, Aline conheceu o ator Igor Rickli, com quem dividia os palcos. Em 2015, eles se casaram e, no mesmo ano, tiveram Antônio, que hoje tem 7 anos. Recentemente, após 13 anos de união, o casal surpreendeu o público após Igor revelar o relacionamento aberto e a bissexualidade de ambos. “Celebramos a diversidade como divina. Entendemos o sexo pelo viés da saúde, e não do erótico. Nossa bissexualidade só potencializa nossa relação. Curamos um ao outro na nossa dualidade”, escreveu o ator em publicação no Instagram.

Retorno ao grupo Rouge

Em 2017, para a alegria dos fãs, as integrantes de Rouge decidiram se reunir para comemorar os 15 anos do grupo. Inicialmente, o projeto teria apenas 4 shows, mas, devido ao sucesso, as cantoras entraram em turnê pelo Brasil e lançaram novos álbuns e singles. Apesar disso, em 2019, o grupo anunciou uma nova pausa indeterminada.

Últimos projetos

Ainda em 2019, a artista tornou-se uma das juradas do programa “The Four Brasil”, da Record TV, com João Marcello Bôscoli e Leo Chaves. Em 2020, Aline voltou a se dedicar a carreira musical e lançou o álbum intitulado “Indômita”, com músicas como “A transformação de paradigmas” e “Oração”.

Vitoria Rondon

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.