Como lidar com crianças que têm dificuldade para comer

Como lidar com crianças que têm dificuldade para comer
Todos os grupos alimentares são essenciais na alimentação das crianças (Imagem: Shutterstock)

Dicas dos especialistas para fazer com que seu filho se alimente corretamente

Não é raro encontrar crianças que se recusam a experimentar e consumir frutas e hortaliças, além de pais que relatam dificuldade em fazer com que o filho pequeno se alimente adequadamente.  

> Estresse crônico na infância: veja como identificar e combater

“Em primeiro lugar, é importante lembrar que a criança passa por diversas fases durante o desenvolvimento, e a vontade de comer varia conforme essas fases”, explica o pediatra Dr. Nilo Artal. Uma dica importante é prestar atenção aos hábitos alimentares da família, pois, se os pais não se alimentam bem, será mais difícil fazer com que o filho se alimente corretamente. 

Nutrientes importantes para a criança  

“Todos os grupos alimentares são essenciais na alimentação das crianças, com destaque para o consumo de leite, por causa do importante fornecimento de cálcio”, garante a nutricionista Laura Ramos Toledo. Além disso, frutas, legumes e verduras são essenciais para o fornecimento de vitaminas e sais minerais, e as carnes são indicadas para o aporte adequado de proteínas e ferro. 

“As crianças a partir dos seis meses podem iniciar a introdução gradativa dos alimentos, ingerindo frutas, verduras, carnes e gema, deixando a clara e os frutos do mar para quando completarem um ano – nessa fase, elas já devem estar consumindo os mesmos alimentos que a família”, explica.  

O Dr. Nilo Artal acrescenta que a alimentação nessa faixa etária deve ser constituída por refeições pequenas e frequentes. Também precisa abranger todos os macronutrientes energéticos e construtores e ser ricas em nutrientes essenciais, como ferro, cálcio e vitaminas A, C, D. 

Distrações durante as refeições  

Muitos pais acabam recorrendo à televisão para distrair os pequenos e convencê-los a comer. A nutricionista Laura Ramos Toledo enfatiza que não deve ser utilizada nenhuma forma de distração durante as refeições, pois as crianças devem aprender, desde cedo, os hábitos alimentares mais saudáveis.  

“As crianças devem fazer as refeições em ambientes calmos, longe da televisão e de outras distrações para que o ato de se alimentar seja consciente e, com isso, elas aprendam a disciplinar o apetite, a quantidade ingerida e outros aspectos sociais envolvidos na alimentação em família”, completa.

> Animais ajudam no desenvolvimento infantil

Não ofereça recompensas  

Oferecer recompensas para o filho comer, como doces e brinquedos, também não é recomendado pelos especialistas. “A criança que se recusa a se alimentar jamais deve ser estimulada por esses métodos, e sim a comer por orientação da real necessidade de se alimentar bem”, enfatiza a nutricionista Laura Ramos. 

Ensine seu filho a ter bons hábitos  

Uma boa dica para atrair os pequenos e facilitar a alimentação é deixar que eles participem do momento da compra até o preparo dos alimentos. “É uma oportunidade que os pais têm para auxiliar no processo de educação nutricional, sendo esta uma importante ferramenta para a construção de hábitos alimentares saudáveis. Cada passo deve ser seguido de orientações e exemplos, de acordo com a idade da criança, para que ela possa levar isso como rotina para sua alimentação”, aconselha Laura Ramos Toledo. 

De uma forma geral, é importante que a criança participe das refeições como os adultos para que ela desenvolva bons hábitos alimentares. “O aprendizado infantil é baseado na observação do comportamento dos adultos, portanto, eles devem ingerir e apreciar os vegetais; às vezes, uma reeducação dos hábitos alimentares na família se faz necessário”, conclui o pediatra Nilo Artal. 

Leia também

Revista Bela forma: alimentação mais saudável

Descubra os riscos do vício em jogos eletrônicos na infância

6 filmes para ensinar crianças e adolescentes sobre mudanças climáticas

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.