Dia da Consciência Negra: 3 filmes para lembrar a luta contra o racismo

Dia da Consciência Negra: 3 filmes para lembrar a luta contra o racismo
Filmes para assistir no Dia da Consciência Negra (Imagem: Shutterstock)

Em 20 de novembro é celebrado o Dia da Consciência Negra, que tem como objetivo reforçar sobre a necessidade de compreender e enfrentar os problemas que a escravidão trouxe ao Brasil e que atingem até hoje as pessoas negras, como a desigualdade e a violência. É uma data para refletir sobre o passado, o presente e o futuro. Este movimento de resistência foi criado por iniciativa do Grupo Palmares, fundado em 1970, em Porto Alegre, por universitários.

A escolha deste dia foi feita, inicialmente, pela data de morte de Zumbi dos Palmares, o maior líder do Quilombo dos Palmares, em 20 de novembro de 1695. Porém, apenas em 2011, por meio da Lei 12.519, foi instituído oficialmente como o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra.

A seguir, confira 3 filmes para assistir neste dia!

Receba as novidades sobre Saúde e Bem-estar, Astrologia, Beleza, Culinária e muito mais!

1. Histórias Cruzadas (2011)

Cena do filme Histórias Cruzadas com atrizes se cumprimentando
Histórias Cruzadas (Imagem: Reprodução/Walt Disney Studios)

O filme é ambientado nos anos 60, no Mississippi (EUA). Skeeter (Emma Stone) é uma garota da alta sociedade e que, após se formar na universidade de Jornalismo, retorna para casa decidida a ser escritora. Incomodada com o tratamento ofensivo de patroas daquela época, ela começa a entrevistar mulheres negras que passaram a vida toda trabalhando em casas de famílias brancas. Aibileen Clark (Viola Davis), empregada na casa da melhor amiga de Skeeter, é a primeira a conceder uma entrevista, mesmo com medo. A partir daí, outras mulheres se juntam para relatar as injustiças e o racismo vividos por elas no ambiente de trabalho.

Onde assistir: Star+.

2. Django Livre (2012)

Jamie Foxx e Christoph Waltz na cena do filme Django Livre sentados em uma mesa
Django Livre (Imagem: Reprodução/Columbia Pictures)

O filme, de Quentin Tarantino, mostra a história de Django (Jamie Foxx), um escravo que faz aliança com um caçador de recompensas, Dr. King Schultz (Christoph Waltz), o qual busca os irmãos assassinos Brittle e promete libertá-lo ao encontrá-los. Isso de fato acontece e, depois, os dois continuam trabalhando juntos para caçar os criminosos mais procurados dos Estados Unidos. Além disso, Django também tenta resgatar sua esposa, que foi traficada. Contudo, essa busca os leva ao fazendeiro Calvin Candie (Leonardo DiCaprio), que força seus escravos a participar de competições mortais.

Onde assistir: HBO Max.

3. Medida Provisória (2020)

Taís Araújo e Alfred Enoch no filme Medida Provisória
Medida Provisória (Imagem: Reprodução/Globo Filmes)

O filme nacional conta a história de um futuro distópico em que o governo brasileiro decreta uma medida provisória como iniciativa de reparação pelo passado escravocrata. Isso, por sua vez, provoca uma reação imediata no Congresso Nacional. Os parlamentares aprovam uma medida que obriga os cidadãos negros a se mudarem para África na intenção de retomar suas origens. Porém, essa aprovação afeta a médica Capitú (Taís Araújo), o advogado Antônio (Alfred Enoch) e o jornalista André (Seu Jorge). Com o terror se formando, eles são separados e não sabem se vão conseguir se reencontrar.  

Onde assistir: Globoplay.

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.