Dia de Nossa Senhora Rainha: 3 orações para celebrar a data

Dia de Nossa Senhora Rainha: 3 orações para celebrar a data
Nossa Senhora auxilia aqueles em busca de auxílio e amparo (Imagem: only_vector | Shutterstock)

No dia 22 de agosto, a tradição católica celebra o “Dia de Nossa Senhora Rainha”, uma ocasião de profundo significado para os fiéis. Maria, a Mãe de Jesus, é honrada sob o título de “Rainha” em reconhecimento ao seu papel especial na história da salvação e como intercessora junto a Deus. Sua devoção como Rainha está intrinsecamente ligada ao amor e à devoção dos cristãos ao redor do mundo.

Origem da data

A instituição do “Dia de Nossa Senhora Rainha” ocorreu em 1954, por iniciativa do Papa Pio XII, um líder eclesiástico que reconheceu a importância singular de Maria na história da salvação e na vida espiritual dos cristãos. Esse dia de celebração é apenas uma das várias oportunidades ao longo do ano para honrar a Mãe de Jesus e sua intercessão contínua em favor da humanidade.

O legado de Maria

Nossa Senhora Rainha é venerada como um símbolo de amor materno, graça divina e compaixão inabalável. Sua influência transcende as barreiras do tempo e da cultura, unindo os crentes em sua devoção e fé. Como Rainha, Maria não só inspira com sua humildade e submissão à vontade de Deus, mas também é uma protetora e guia espiritual para todos os que recorrem a ela em busca de auxílio e amparo.

A seguir, confira 3 orações para o Dia de Nossa Senhora Rainha!

Homem segurando um rosário com olhos fechados orando
Nossa Senhora Rainha é venerada pelos fiéis como um símbolo de amor materno (Imagem: Pixel-Shot | Shutterstock)

1. Oração à Nossa Senhora Rainha

Ó, Maria sem pecado concebida! A mais Preciosa Menina, Rainha das Maravilhas. Ajuda-me neste dia a ser sempre teu verdadeiro filho, para chegar um dia ao Deus da Vida. És Rainha do Céu e da Terra, gloriosa e digna Rainha do Universo a quem podemos invocar de dia e de noite, não só com o doce nome de Mãe, mas também com o de Rainha, como te saúdam no Céu com alegria e amor todos os Anjos e Santos. Nossa Senhora Rainha, Celeste Aurora, enviai a Luz Divina do Universo para me ajudar a resolver estes problemas (descrever resumidamente os problemas). Amém.

2. Consagração ao Imaculado Coração de Maria – II

Ó Maria, Mãe de Deus e nossa Mãe, Rainha do Céu e refúgio dos pecadores, ao vosso Coração Imaculado consagramos nossa vida, todo nosso ser, tudo o que temos, tudo o que amamos, tudo o que somos. A vós pertencem nossos lares, nossa pátria. Queremos que seja vosso e participe dos benefícios de vossas bênçãos materiais, tudo o que existe em nós e ao redor de nós. E para que esta consagração seja realmente eficaz e duradoura, renovamos hoje, aqui aos vossos pés, ó Maria, as promessas do nosso batismo e da nossa primeira comunhão.

Comprometemo-nos a professar, corajosamente e sempre, as verdades da fé, e a viver como católicos, submissos à sua Santidade, o Papa e aos Bispos em comunhão com ele. Comprometemo-nos a observar os Mandamentos de Deus e da Igreja, particularmente a santificação do Domingo. Queremos empenhar-nos, ó gloriosa mãe de Deus e nossa Mãe, para que o Reino de Cristo, vosso Filho, seja uma presença em nossas almas, na terra como no céu. Amém.

3. Oração para todos os dias

Virgem puríssima, concebida sem pecado, e desde aquele primeiro instante toda bela e sem mancha, gloriosa Maria, cheia de graça, Mãe de meu Deus, Rainha dos anjos e dos homens: eu vos saúdo humildemente como Mãe do meu Salvador, que, com aquela estima, respeito e submissão, com que vos tratava, me ensinou quais sejam as honras e a veneração que eu devo prestar-vos; dignai-vos, eu vô-lo rogo, de receber as que nesta Novena vos consagro.

Vós sois o seguro asilo dos pecadores penitentes, e assim tenho razão para recorrer a vós; sois Mãe de misericórdia, e por este título não podeis deixar de enternecer-vos à vista das minhas misérias; sois depois de Jesus Cristo toda a minha esperança, e por esta razão não podereis deixar de reconhecer a terna confiança que tenho em vós; fazei-me digno de chamar-me vosso filho, para que possa confiadamente dizer-vos: mostrai que sois nossa Mãe!

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *