8 dicas para o gato não arranhar o sofá

8 dicas para o gato não arranhar o sofá
Arranhar o sofá é uma forma que os gatos encontram para remover as camadas externas das garras (Imagem: FotoMirta | Shutterstock)

Os gatos têm um comportamento natural de arranhar para várias finalidades, incluindo a marcação do território, afiação das garras e alongamento muscular. O sofá muitas vezes se torna alvo de arranhões devido à sua textura e posição na casa, que pode ser percebida como um ótimo local para exercer esses comportamentos. Além disso, o ato de arranhar também ajuda a remover as camadas externas das garras, mantendo-as afiadas e saudáveis.

Para evitar que os gatos desenvolvam o hábito de arranhar o sofá, é importante fornecer alternativas adequadas. Por isso, a seguir, confira 8 dicas para driblar esse tipo de comportamento!

1. Arranhador adequado e atraente

Gatos têm um instinto natural de afiar as garras e marcar território. Oferecer um arranhador adequado e atrativo pode desviar a atenção do animal. Escolha uma opção com texturas diferentes, como sisal, carpete ou madeira, e coloque-o em um local visível e acessível para o gato.

Receba as novidades sobre Saúde e Bem-estar, Astrologia, Beleza, Culinária e muito mais!

2. Utilize feromônios e catnip

Aplicar feromônios sintéticos ou catnip no arranhador pode torná-lo mais atraente e desejável para o gato. Os feromônios desempenham um papel vital na comunicação, marcação territorial e no comportamento social desses animais. São mensageiros químicos que transmitem informações importantes para os bichanos.

O catnip, por sua vez, é uma planta pertencente à família da menta, que contém uma substância química chamada nepetalactona. Quando os gatos cheiram ou ingerem esta substância, ela ativa uma resposta no sistema nervoso, provocando uma reação que pode incluir excitação, euforia e relaxamento.

3. Reforce comportamentos positivos

Quando o gato usar o arranhador, elogie e recompense-o com petiscos ou carinho. O reforço positivo pode ajudá-lo a associar o uso com algo agradável.

4. Proteja o sofá

Enquanto o gato está sendo treinado, cubra o sofá com cobertores, lençóis ou capas protetoras para desencorajar o uso das garras nesse local. Isso pode evitar danos adicionais enquanto o bichano aprende a utilizar o arranhador.

Mãos masculinas cortando a unha de um gato
Manter a unha do bichano aparada reduz os danos no sofá (Imagem: Studio-N | Shutterstock)

5. Corte as unhas regularmente

Manter as unhas do felino aparadas pode reduzir significativamente o dano causado ao sofá. Corte-as regularmente, com cuidado para não machucar o animal, ou considere usar um cortador específico para gatos.

6. Barreiras e limitações de acesso

Fechar portas ou utilizar barreiras físicas para impedir o acesso do gato ao sofá quando não estiver supervisionado pode ajudar a evitar o comportamento de arranhar.

7. Enriquecimento ambiental

Proporcione um ambiente enriquecido com brinquedos, prateleiras ou estruturas verticais para o gato explorar e se entreter. Isso pode desviar a atenção dele do sofá.

8. Consistência e paciência

Mudar hábitos de um gato pode levar tempo. Seja consistente e paciente ao treiná-lo para usar o arranhador. A persistência e o reforço positivo são essenciais para modificar comportamentos indesejados.

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.