Português: conheça os tipos de conjunções

Português: conheça os tipos de conjunções
As conjunções são divididas em coordenativas e subordinativas (Imagem: Shutterstock)

As conjunções nada mais são do que palavras invariáveis que servem para conectar orações ou dois termos da mesma função sintática. Dentro do estudo, elas são divididas em coordenativas e subordinativas. Além disso, nessa divisão há ainda outras subdivisões. A seguir, conheça quais são.

1. Conjunções coordenativas

Ligam orações independentes ou termos que têm a mesma função sintática. Subdividem-se em:

Aditivas: e, nem, mas também, como também, bem como, mas ainda.

Receba as novidades sobre Saúde e Bem-estar, Astrologia, Beleza, Culinária e muito mais!

Adversativas: mas, porém, contudo, todavia, entretanto, no entanto.

Alternativas: ou, ora, já, quer, seja, talvez.

Conclusivas: logo, pois (depois do verbo), portanto, por isso, assim.

Explicativas: que, porque, pois (antes do verbo).

Homem escrevendo no caderno usando caneta
As conjunções subordinativas subdividem-se em dez (Imagem: Shutterstock)

2. Conjunções subordinativas

Ligam duas orações dependentes uma da outra. A oração dependente é uma oração subordinada e, portanto, recebe conjunção subordinativa. Subdividem-se em:

Integrantes: que, se. Introduzem orações que equivalem a substantivos.

Causais: porque, que, como (= porque), visto que, uma vez que, já que, desde que. Introduzem uma oração que é a causa da ocorrência da oração principal.

Concessivas: embora, ainda que, apesar de que, mesmo que, por mais que, posto que. Introduzem uma oração com ideia contrária à da principal.

Condicionais: se, caso, contanto que, salvo se, a não ser que, desde que, amenos que, sem que. Introduzem uma oração com hipótese para a ocorrência da principal.

Conformativas: conforme, como(= conforme), segundo. Introduzem uma oração que exprime a conformidade de um fato com o outro.

Finais: para que, a fim de que, que, porque (= para que). Introduzem uma oração que expressa a finalidade para que se realize a principal.

Proporcionais: à medida que, à proporção que, ao passo que, quanto mais, quanto menos. Introduzem uma oração que expressa uma proporção à ocorrência principal.

Temporais: quando, enquanto, antes que, depois que, logo que, todas as vezes que, desde que, sempre que, assim que. Introduzem uma oração que acrescenta uma circunstância de tempo ao fato da oração principal.

Comparativas: como, tanto quanto, tal qual. Introduzem uma oração que expressa a ideia de comparação com a oração principal.

Consecutivas: que (depois de tão, tal, tanto), de modo que, de maneira que. Introduzem uma oração que exprime a consequência da principal.

Por Tao Consult

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.