Triglicérides: saiba o que é e quais são os riscos dos níveis elevados 

Triglicérides: saiba o que é e quais são os riscos dos níveis elevados 
Triglicérides pode causar pancreatite (Imagem: Shutterstock)

O triglicérides é uma gordura circulante no organismo. Ele possui três elementos de ácidos graxos (um produto que compõe as gorduras) e uma outra substância denominada glicerol. Daí o nome de tri (de três) glicerídeos (de glicerol). A principal fonte de triglicerídeos é a alimentação e, em menor quantidade, ele é produzido pelo próprio organismo.

Sintomas dos triglicérides altos

Habitualmente as pessoas que possuem triglicerídeos elevados não sentem nada. Em alguns casos, quando está muito elevado (5 vezes mais do que o limite superior da normalidade), podem apresentar depósito de gordura na pele, denominado de xantomas, ou nos olhos, denominado de xantelasma. E, ainda, podem causar uma doença denominada de pancreatite, que causa dor abdominal intensa.

Como detectar alteração nos níveis de triglicérides?

Para verificar o valor dos triglicérides, basta realizar um exame de sangue para dosagem de Triglicerídeos. É um exame de sangue bastante simples. As taxas saudáveis, geralmente, são menores do que 150mg/dl.l.

Consequências do aumento dos triglicérides

Dependendo dos níveis de triglicerídeos, há consequências diferentes. Valores acima dos normais podem, junto com outros fatores, levar a doenças cardiovasculares, e quando muito elevado, pode levar a uma inflamação do pâncreas denominada pancreatite.

Mulher sorrindo mexendo no celular e comendo pão
Consumo excessivo de carboidrato pode elevar os níveis de triglicérides (Imagem: Shutterstock)

O que eleva os níveis de triglicerídeos?

Os níveis elevados de triglicerídeos, denominado de hipertrigliceridemia, pode ser decorrente de uma causa genética, um padrão familiar ou pode ser decorrente de causas secundárias, isto é, independente de padrão genético.  Entre as causas estão: consumo de álcool, diabetes tipo 2 e síndrome metabólica (no qual a obesidade é o principal fator de risco), algumas medicações (corticoides, entre outros), consumo excessivo de carboidratos (açúcar e massas), doenças no fígado, tireoide e rins.

Como mantê-lo em níveis saudáveis?

Para manter os triglicérides em níveis normais, vale manter uma vida saudável, alimentação equilibrada e realizar atividade física regularmente. Além disso, é importante evitar o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, refrigerantes e sucos industrializados e consumir bastante verduras e legumes.

Quem pode desenvolver triglicérides altos

Habitualmente esperamos uma incidência maior em idosos, mas as formas familiares e genéticas já podem apresentar-se na infância. E, evidentemente, a obesidade na infância e adolescência tem aumentado a incidência da hipertrigliceridemia em indivíduos mais jovens.

Dr. Fabiano Sandrini

Possui experiência clínica na área de Endocrinologia Pediátrica e em desenvolvimento de métodos em biologia molecular. Tem conhecimento em rotinas em laboratórios de grande porte, controle de qualidades laboratoriais e 13 anos de experiência como assessor médico em laboratório clínico, em que auxiliava outros médicos na interpretação de exames.

Por endocrinologista Dr. Fabiano Sandrini em parceria com Redação EdiCase

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.