Veja como fazer uma boa redação dissertativa

Veja como fazer uma boa redação dissertativa
O texto dissertativo tem como objetivo informar o leitor (Imagem: Shutterstock)

A dissertação é o tipo de redação mais solicitada em concursos e vestibulares, e é a única que é cobrada no Enem. Ela pode ser tanto expositiva quanto explicativa. Portanto, é importante saber a diferença entre elas, como revela Josefa Pascual Rizzo, professora do curso de Letras da universidade Anhanguera.

“O objetivo principal da expositiva é informar. Não existe nenhuma pretensão de convencer o leitor ou debater algum tema. O autor não toma partido, há apenas a exposição de ideias. Na explicativa, o autor defende a sua opinião, procurando convencer o leitor por meio de argumentos”, exemplifica.

Observação: no Enem, o estilo cobrado é o dissertativo-explicativo, também conhecido como dissertativo-argumentativo.

Faça um bom planejamento

Uma boa dissertação é fruto de um bom planejamento, e isso começa na leitura do enunciado. Esse momento é de extrema importância, já que a inadequação ao tema pode zerar a sua redação. “Em primeiro lugar, é preciso ler a proposta de redação atentamente, observando a tipologia textual solicitada. Em seguida, procura-se captar a ideia central dos textos motivadores, sublinhando algumas palavras-chave. Identifica-se nos textos lidos a tese e os argumentos que esses autores expressam. Faz-se uma reflexão sobre a opinião dos autores dos textos. Por fim, considera-se as instruções e faz-se um esboço da dissertação antes de começar a redigi-la”, explica Josefa Pascual Rizzo.

Três estudantes sentados na escada. As duas meninas estão segurando um tablet e o menino segurando um notebook
A leitura do enunciado e dos textos de apoio são importantes para a construção da redação (Imagem: Shutterstock)

Leia o enunciado e os textos de apoio com atenção

Na correria da prova, muitos candidatos costumam deixar de ler os textos de apoio e concentram-se apenas no enunciado da proposta: um erro que pode comprometer toda a redação. “Antes de mais nada, é preciso ter em mente que a redação implica em uma boa leitura dos textos motivadores e do próprio enunciado da proposta. Portanto, após a leitura atenta da proposta de redação e dos textos motivadores, faça um esboço antes de redigi-la propriamente”, lembra a professora do curso de Letras.

Estrutura da redação dissertativa-argumentativa

A professora Josefa Pascual Rizzo explica como deve ser a estrutura de uma redação que visa a nota máxima: o texto é organizado por meio da introdução, desenvolvimento e conclusão.

Introdução

Apresenta-se um ponto de vista, chamado de tese, acerca de um determinado assunto.

Desenvolvimento

Defende-se o ponto de vista apresentado na introdução por meio de argumentos, que tratam de convencer o leitor de que o ponto de vista introduzido é o correto. Em suma, são expostos argumentos que fundamentam e confirmam a tese. Para este fim, usam-se estratégias argumentativas, como citações, alusões a fatos históricos, dados estatísticos etc.

Conclusão

É quando são retomadas as ideias principais e feito o encerramento da discussão que foi desenvolvida no texto.

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.