Veja como fazer uma boa apresentação no ambiente profissional

Veja como fazer uma boa apresentação no ambiente profissional

Uma boa apresentação pode ser um grande passo para conquistar a promoção que você deseja

O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo. Logo, se destacar é fundamental para conseguir crescer dentro de uma grande empresa. Por causa disso, no trabalho, uma boa comunicação pode ser o ponto decisivo para uma promoção.   

Quando se é convidado pelo chefe ou um cliente para apresentar um projeto, uma campanha ou os resultados de um trabalho, é comum sentir insegurança. Surge o medo de falhar na apresentação, de passar vergonha diante de pessoas importantes e que podem ser cruciais para o nosso crescimento dentro da empresa. 

Como se preparar para uma apresentação profissional?

Para ser bem-sucedido em uma apresentação importante, os primeiros passos são: treinar, praticar e saber muito bem o que será falado. Quanto mais conhecimento tiver sobre o assunto, menos nervoso você ficará 

“O preparo deve focar, primeiramente, o contexto, o assunto e o objetivo. Depois, o propósito da apresentação, se é persuasiva, motivacional ou mista”, explica Reinaldo Passadori, líder no campo da comunicação verbal, fundador e CEO da Passadori Educação e Comunicação. 

Pontos importantes

O especialista cita outros pontos que devem ser levados em conta na organização da apresentação, como o tempo da apresentação, os recursos audiovisuais que serão utilizados e o desenvolvimento do conteúdo, que deverá abordar todos os elementos da apresentação (definindo como iniciar, desenvolver e concluir a apresentação).  

Tempo de apresentação 

Segundo Ricardo Karpat, diretor da Gárbor RH, as apresentações devem ser curtas. “A linha de raciocínio a seguir é: como comunicar tudo que preciso, sem deixar nenhum aspecto importante de fora, no menor tempo possível? Se um projeto pode ser apresentado em 5 minutos, por que irei me estender mais? ”, enfatiza.  

Reinaldo Passadori acrescenta que uma boa pratica é ensaiar e definir o tempo de cada parte. “Assim não terminará muito antes e, se necessário, é possível acelerar um pouco no final. O tempo estabelecido não deverá ser ultrapassado”, enfatiza.

Qual roupa usar? 

Hoje em dia, é muito mais complicado falar de roupas certas para o ambiente de trabalho do que antigamente. Mas, quando se trata de uma apresentação formal, ainda é interessante utilizar roupas mais formais.

“É melhor superar as expectativas do que frustrá-las. Ninguém deixará de “comprar” suas ideias por você estar vestido acima de suas expectativas. Já o contrário, pode acontecer”, alerta Ricardo Karpat.  

Checklist 

Uma boa apresentação tem muitas etapas. Por isso, para que nada saia errado, é importante fazer um checklist para verificar cada passo no dia da apresentação, incluindo todos os equipamentos e materiais que utilizará.

Cuidado com os erros 

Alguns erros são muito comuns em apresentações e podem colocar tudo a perder. Erros de português, desorganização, dicção ruim, fala acelerada, ausência de gestos, monotonia, inadequação de recursos audiovisuais, além de vocabulário inadequado ao público-alvo, são os principais citados por Reinaldo Passadori.  

“Para evitá-los, insisto em um bom curso de comunicação verbal, que poderá dar as necessárias orientações individuais, além de fortalecer a segurança para que o profissional faça valer de fato todo o esforço que fez para aprender e tornar-se o profissional que é”, orienta. 

Sem excesso de confiança

Para Ricardo Karpat, o excesso de confiança também pode ser um grande vilão, pois o profissional acaba não se preparando como deveria e pode cometer erros graves. “Outro problema comum, é o profissional não realizar a conferência dos materiais que utilizará na apresentação, possibilitando o esquecimento de algo importante”, alerta Karpat. 

Redação Edicase

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *