5 benefícios do caratê para crianças

5 benefícios do caratê para crianças
Caratê ensina respeito, disciplina e autocontrole (Foto: Shutterstock)

Educadores apontam como a prática do esporte contribui para o desenvolvimento físico, intelectual e emocional de crianças e jovens

Por Christiane Rodrigues (AMB Com)

O equilíbrio entre corpo, mente e espírito são as bases fundamentais do Caratê. Essa arte marcial foca no desenvolvimento de uma vida saudável e ajuda no desenvolvimento pessoal e social. “Muito mais que um método de defesa pessoal, o Caratê não tem nada de violento”, explica Erika Brahin, coordenadora geral da Fundação Edmílson (associação sem fins lucrativos que oferece atividades socioeducativas para crianças que vivem em comunidades).

> Benefícios da música para o desenvolvimento infantil

Segundo Erika, o Caratê ajuda no desenvolvimento de habilidades corporais e da coordenação motora que são importantes para crianças e adolescentes. “Essa arte marcial também funciona como instrumento de respeito e socialização. Vencer um campeonato é lindo e os incentivamos e comemoramos, mas o nosso objetivo maior é transformá-los em cidadãos do bem”, conta.

“Usamos o Caratê como uma técnica pedagógica de socialização que educa e ensina as crianças a evitar a violência e controlar o ímpeto agressivo. Isso acontece porque direcionamos a energia para o bem-estar geral e mostramos como o esporte pode canalizar sentimentos hostis, transformando-os em algo bom”, destaca Erika.

Para esclarecer os ensinamentos pedagógicos do esporte que contribui com a formação de crianças e adolescentes, o professor de Caratê Luciano Fernandes destaca 5 benefícios da prática dessa arte:

1. Formação de caráter

A criança aprende desde o primeiro dia de aula a desenvolver a autoconfiança por meio de treinamentos rigorosos. Também começa a entender que o desempenho depende única e exclusivamente da própria entrega e dedicação.

> Animais ajudam no desenvolvimento infantil

2. Disciplina

Arte marcial desenvolve a autoconfiança, o respeito por si mesmo e a paciência (Foto: Shutterstock)

O treino leva em conta o processo de desenvolvimento motor, intelectual e psíquico de cada aluno. Não existe comparações. Além disso, com a relação próxima com os professores, o aluno aprende a importância da hierarquia, aprende a ouvir críticas, a controlar seus impulsos e a ter disciplina.

A criança compreende que é preciso tempo para se obter maior nível de concentração e evolução dentro do esporte e de outras áreas da vida, como a escola e, futuramente, o trabalho.

> Estresse crônico na infância: veja como identificar e combater

3. Respeito

Respeito ao seu oponente, a si mesmo e aos outros. Seja durante uma competição, na escola, na rua ou em qualquer ambiente. As crianças entendem que o ego e a vaidade devem ser controlados e que a solidariedade e a cooperação podem ser o diferencial para transformar suas vidas e escolhas dentro e fora do esporte.

4. Agilidade cerebral

Como os movimentos pedem agilidade, força, concentração, memória e reflexos, o Caratê ajuda na melhoria da condição motora e mental. Pois o seu poder está na mente e não no corpo.

> Estresse crônico na infância: veja como identificar e combater

5. Comemorar suas conquistas e valorizar o próprio esforço 

“Muitas crianças carentes pensam que não possuem futuro e nem profissão que possam seguir. Nós mudamos isso, os ajudamos a ver um futuro lindo e os incentivamos. Já tivemos alunos que viajaram para fora do país para disputar um campeonato de Caratê e voltaram com medalhas. Eles só precisam de estímulo”, comemora Siméia Moraes, CEO da Fundação Edmílson, que acredita no esporte como ferramenta de transformação social.

Leia mais sobre os benefícios das atividades físicas na revista Músculo + Força

Redação EdiCase

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *