5 dicas para melhorar a autoestima

5 dicas para melhorar a autoestima
Dicas para elevar a sua autoestima e manter o autocuidado (Imagem: Shutterstock)

Aprenda alguns exercícios simples e abra o caminho para a autorrealização

Por Madalena Feliciano 

A forma como uma pessoa enxerga a si mesma é chamada de autoestima. É ela que causa felicidade ou tristeza em uma pessoa, que a faz sentir bem consigo mesma ou não. Ela é, também, uma poderosa aliada que permite atingir grandes conquistas, além de fazer com que a pessoa acredite no próprio potencial e se coloque no caminho para realizar os sonhos.

Porém, a autoestima só pode ter todo o potencial utilizado quando as pessoas estão bem consigo mesmas, coisa que nem sempre acontece. Muitas vezes, o indivíduo se torna seu próprio inimigo. As pessoas se colocam para baixo, e isso as impede de alcançar as metas pessoais.

Com exercícios simples, é possível aumentar a autoestima, abrindo caminho para a autorrealização. O primeiro passo para tratar a baixa autoestima é a autoaceitação. Depois, é necessário observar se é o caso de mudar algum comportamento ou procurar algum profissional de saúde mental.

Para te ajudar nesse processo, a gestora de carreira Madalena Feliciano separou 5 passos simples para aumentar a sua autoestima. Confira! 

> Entenda como a violência doméstica atinge mulheres lésbicas, bissexuais e trans

1. Analise sua vida 

Você realmente está vivendo a vida que gostaria? O seu trabalho lhe traz felicidade? Está satisfeito consigo? O primeiro passo é analisar como a pessoa está levando a vida, para determinar quais aspectos necessitam ser mudados. Com uma simples ferramenta de Coaching, “Roda do Equilíbrio da Vida”, pode-se facilmente identificar quais áreas deverão ser trabalhadas e quais ações serão necessárias.

2. Não tome decisões precipitadas 

Mesmo julgando que sua vida necessita de melhoria, o ideal é não se apressar muito. Não querer mudar do dia para noite é fundamental, pois o resultado não é imediato e, sim, progressivo. Com pequenas ações diárias podemos chegar ao cenário desejado.

Mulher feliz tomando chá
Evitar pensamentos negativos e a autocobrança ajuda a fortalecer a autoestima (Imagem: Shutterstock)

3. Não se critique demais 

É comum as pessoas exagerarem no primeiro momento e se cobrarem demais por mudanças drásticas. Tudo deve ser levado de modo saudável. Estar próximo a pessoas positivas e se manter em alerta aos pensamentos negativos é um exercício simples e com excelentes resultados.

4. Encare seus problemas

O ideal é não fugir dos obstáculos. Fugir do que dá medo é compreensível, mas não ajuda em nada no processo de melhora e autoconhecimento.

> Entenda como a saúde mental influencia no seu peso

5. Trabalhe o autoconhecimento

Reconhecer seus defeitos e qualidades, encarando-os como um conjunto de características que formam o indivíduo, é essencial. Responsabilizar-se por suas escolhas é uma etapa importante no amadurecimento e melhoria pessoal. Além disso, a análise com um profissional de saúde especializado é uma excelente ferramenta quando você sente que precisa de ajuda.

Acompanhe mais informações sobre saúde na revista ‘Saúde e Bem-estar’

Redação EdiCase

One thought on “5 dicas para melhorar a autoestima

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.