Banheiras: conheça 3 estilos e saiba o que é necessário para instalar

Banheiras: conheça 3 estilos e saiba o que é necessário para instalar
Banheiras mudam a cara da decoração (Imagem: Shutterstock)

Quando presente em um cômodo da casa, a banheira tem o poder de transformar o ambiente escolhido tornando-o sofisticado e charmoso. Além de contribuir com a decoração, torna o banho mais relaxante e harmonioso. E engana-se quem pensa que a peça é um privilégio para quem tem dinheiro, hoje existem opções acessíveis e de qualidade para todos os bolsos e que podem mudar a cara da decoração.

A peça confere a qualquer ambiente um toque de requinte, e não mais se limita ao banheiro. Há quem busque inovar no momento da decoração e resolva colocá-la em outro lugar, como o quarto. Conheça um pouco mais sobre os estilos e os cuidados na instalação.

Tipos de banheiras

Os banhos em banheiras são sinônimo de bem-estar e qualidade de vida. “Em um primeiro momento podemos separar as banheiras em dois grupos, as de imersão e as de hidromassagem”, diz a arquiteta Bianca Gorgis. As de hidromassagem são as que dispõem de um ou mais jatos de água pressurizada dispostos no casco da banheira e proporcionam relaxamento. Já as de imersão são modelos mais antigos e clássicos, atualmente reinventados em linhas contemporâneas.

Receba as novidades sobre Saúde e Bem-estar, Astrologia, Beleza, Culinária e muito mais!

Como definir o modelo ideal?

Existem diversos estilos e tamanhos de banheiras, desde as mais conservadoras até as mais modernas. O primeiro passo para definir o modelo é a análise do local onde ela será instalada. “As dimensões do local são importantes, pois afetarão diretamente na decisão do formato, se será redonda, retangular, quadrada, oval ou de canto e se servirá para uma ou duas pessoas”, comenta o arquiteto Osvaldo Segundo.

Além disso, a localização deve estar de acordo com a circulação e os elementos do ambiente. Deve-se levar em conta ainda se o local escolhido estará integrado com o quarto ou não, se terá visual para a área externa ou se apenas estará dentro do banheiro.

O modelo deve obedecer ao estilo de arquitetura e de decoração do banheiro e da residência como um todo, seguindo sempre os desejos dos usuários. “Além disso, é importante saber se o modelo escolhido atende às necessidades do cliente”, afirma a arquiteta Andrea Parreira.

Local para instalar a banheira

E onde colocar? “Antes as banheiras eram utilizadas apenas para a higiene do corpo. Hoje em dia, estão mais voltadas para o lazer ou relaxamento”, comenta Osvaldo. O lugar ideal para ela, portanto, não é mais dentro do banheiro necessariamente, mas em um lugar mais agradável como o próprio quarto ou outro ambiente entre o banheiro e o quarto. Para apartamentos pequenos, o ideal é escolher os modelos com fundo reto e antiderrapante, pois poderão ser utilizadas como box confortavelmente.

Banheira preta com pés de metal em um banheiro
Existem diferentes estilos de banheiras disponíveis no mercado (Imagem: Shutterstock)

Estilos de banheiras

Há três estilos principais de banheiras que podem ser utilizados, são eles:

Vitoriana

Possui um desenho mais clássico, de curvas simples e estreitas que remetem ao estilo colonial. Tem acabamento interno e externo e pés fixos de metal que dispensam gastos com alvenaria, pois é instalada sobre o piso com acabamento.

Contemporânea

Com design moderno, linhas, curvas e formas variadas, possui modelos mais inovadores e estrutura que também dispensa a necessidade da alvenaria, pois tem abas removíveis que fazem o acabamento.

Romana

É montada em chão rebaixado e remete aos banhos públicos feitos pelos romanos em suas nascentes. Os modelos mais utilizados comportam duas pessoas, mas existe opção individual também.

Formas de instalar as banheiras

Essencialmente, devem ser previstos a impermeabilização, o ponto de água e esgoto e o ponto de energia, conforme especificação do fornecedor. Outro ponto importante é a localização do motor, que pode precisar de manutenção, e cuja localização varia entre os modelos. “O ideal é que na fase do projeto dos ambientes já seja prevista a banheira, pois é um elemento importante e talvez um dos principais no local onde será inserida”, explica Osvaldo.

O arquiteto Fernando Nardelli ressalta que, além do espaço planejado para sua colocação, deve ser feito um sistema de instalações hidráulicas para a utilização e descarte de água, de acordo com cada equipamento. Dependendo do modelo, elas podem ser embutidas, encaixadas em alvenaria portante ou possuir sistema autoportante e abas frontais, que garantem o fechamento da base no mesmo material da banheira.

Acessórios para banheiras

Mesmo as banheiras mais simples são um destaque em qualquer ambiente e proporcionam uma sensação incrível de relaxamento e conforto. Entretanto, existem diversas outras funcionalidades e acessórios a serem incorporados a elas, tais como:

  • Cascata;
  • Aquecedor digital;
  • Iluminação;
  • Blower (pequenas bolhas soltas a partir do fundo);
  • Ducha manual;
  • Cromoterapia;
  • Alças laterais;
  • Hidroterapia com jatos de intensidade regulável;
  • Sensor de nível;
  • Sensor de temperatura;
  • Televisores de LCD;
  • Sistema de som.

“Algumas possuem até automação e permitem programar a partir do celular o acionamento e o volume de água, além de, se não utilizada, desligar em um tempo pré-programado”, conta Osvaldo.

Por Eco Editorial

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.