Cabelos coloridos: tipos de coloração que não saem da moda

Cabelos coloridos: tipos de coloração que não saem da moda

Veja as dicas das especialistas para manter os cabelos coloridos cheios de estilo

Não existem regras quando se trata de cores, o que vale são as preferências, mas existem tons que fazem mais sucesso. “Azul claro, pink, violeta claro, violeta escuro, vermelho cor do sol, vermelho vibrante, rosa claro e caramelo, tom fechado”, diz Eliane Pavini, hair stylist e proprietária do Shampoo Intercoiffure Eliane Pavini, de Ribeirão Preto.

Para não errar no tom

É comum a pessoa ir ao salão esperando uma cor e sair de lá com outra diferente, ou tentar fazer em casa e não alcançar o resultado esperado. O primeiro passo é descolorir o cabelo. “Deixando-os sem nenhum pigmento, para então conseguir chegar à cor desejada, seja ela azul, rosa, ou qualquer outra”, analisa Eliane. O processo de descolorir deve ser feito em um salão, para evitar a quebra dos fios.

Alcançando as tonalidades

Érica Ortiz, educadora técnica da Olaplex Brasil, explica como alcançar determinados tons:

A altura de tom ideal para os cabelos coloridos é a de 9. Já para cores como o azul celeste, por exemplo, precisam chegar na altura de 10. O azul, caso não chegue na altura certa, fica esverdeado devido ao fundo amarelo da altura de 9 e o azul no amarelo dá o verde, por isso a necessidade de chegar no 10.

Para cores metalizadas ou algodão-doce, também necessitam chegar na mesma altura de tom. Para alcançar cores mais vibrantes, o processo é o mesmo, precisa acertar no tom. “Para as cores quentes, como vermelho e o cobre, o ideal é altura 7, já para o Marsala, o ideal é o 8. Para os outros coloridos, o ideal é o 9, para metalizadas e algodão-doce, a altura é 10”, explica Érica Ortiz.

Tipos de coloração

Segundo a hair stylist Eliane, existem dois tipos de coloração: permanente e semipermanente. “A tintura color é uma coloração de cabelo permanente que protege e condiciona os fios durante o processo de coloração. É uma coloração com amônia que previne a porosidade, deixando o cabelo com cor e brilho mais duradouros. Já a coloração semipermanente é sem amônia, que dura de 12 a 15 lavadas”, explica. Também existem alguns estilos de coloração, citados pelas cabeleireiras:

Tie dye

Tie dye: técnica que deixa a cor do cabelo mesclada. Feita com o clarea- mento nos fios e depois colorindo cada mecha com pincel bem pequeno, pedacinho por pedacinho.

Moody Blue Hue

Moody Blue Hue: são tons cinza bem carregados, com efeito grisalho.

Pearl hair

Pearl hair: é um cabelo mesclado com tons coloridos, sem mechas definidas.

Rainbow hair

Rainbow hair ou arco-íris: são os cabelos com muitas cores. A técnica utilizada é a de descoloração da nuca até quatro dedos acima.

Prolongando a cor

O cabelo colorido tende a desbotar, algumas pessoas até gostam desse efeito desbotadinho, mas se não é o seu caso, existem algumas formas de prolongar a cor. “Sempre é bom fazer umectação ou usar um pré-xampu. Indico ainda o Olaplex Hair Perfector passo 3, um produto que garante o fortalecimento e a flexibilidade dos fios, recuperando principalmente as madeixas danificadas e ressecadas”, recomenda a hair stylist Ana Simões.

Para evitar o desbotamento, é importante escolher bons produtos na hora de colorir. “Também indicamos manutenção com máscaras coloridas”, aconselha Érica Ortiz. O xampu de limpeza profunda não deve ser usado em hipótese alguma por quem deseja manter a cor.

Quero pintar, mas tenho medo

Se você acha lindo o colorido, mas tem medo de estragar o cabelo ou de não gostar do resultado, existem opções para testar como fica. Nesse caso, você pode comprar algumas mechas artificiais, usar sombra colorida de maquiagem, que sai na lavagem ou optar por cores que saem mais rápido.

“O ideal é investir nas cores mais claras ou nas frias. Cores muito intensas são difíceis de retirar dos cabelos”, explica Érica. São consideradas cores frias: azul, verde e lilás. “Duram menos, pois precisam de ausência de fundo amarelo para ficarem bonitas”, completa a hair stylist Érica. Se você não tem medo de pintar, aproveite, tem muitas opções de cores fantasias esperando por você.

Matilde Freitas

Jornalista, geminiana e vegetariana. Possui mais de 8 anos de experiência no mercado editorial. Além de produzir diversos conteúdos para EdiCase Publicações e Portal EdiCase, escreve para revistas e sites ligados ao veganismo e ao empoderamento feminino.

2 thoughts on “Cabelos coloridos: tipos de coloração que não saem da moda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *