Conheça os benefícios do pilates contra a dor na lombar

Conheça os benefícios do pilates contra a dor na lombar
O pilates contribui para diminuir o desconforto causado pela dor na lombar (Imagem: Shutterstock)

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a dor lombar atinge ou atingirá cerca de 80% da população adulta em algum momento da vida. É a segunda maior causa das idas aos consultórios médicos, perdendo apenas para a dor de cabeça.  

Pessoas que mais sofrem com dor na lombar 

A lombalgia é o termo usado para definir o aparecimento de dor na parte baixa das costas, próximo ao quadril, e acontece quando há uma sobrecarga na região. A maior incidência desse problema está em: 

  • Pessoas sedentárias; 
  • Trabalhadores que exercem tarefas com grande sobrecarga física, muitas vezes em posturas incorretas; 
  • Indivíduos que permanecem longos períodos sentados ou em pé; 
  • Pessoas com pouca mobilidade corporal (encurtamentos musculares), que sofrem com limitações na maioria dos movimentos diários e sobrecargas exageradas sobre a coluna. 

Independentemente da causa, a dor está normalmente associada à incapacidade de estabilizar a coluna lombar, por falta de controle dos músculos profundos do tronco, em especial o multífido lombar e o transverso do abdome. 

Receba as novidades sobre Saúde e Bem-estar, Astrologia, Beleza, Culinária e muito mais!

Pilates contra a lombalgia 

Para evitar ou amenizar a dor na lombar, especialistas costumam indicar a prática regular de atividade física. O pilates, por exemplo, contribui para evitar esse desconforto. Na prática, além de trabalhar o reequilíbrio muscular e postural durante as aulas, o aluno se conscientiza dos movimentos corretos que devem ser feitos no dia a dia para não sobrecarregar o corpo. 

“No pilates conseguimos fortalecer exatamente a musculatura estabilizadora da coluna lombar, que faz parte do centro de força (powerhouse). Esses músculos são continuamente trabalhados nos exercícios”, diz Alessandra Truzzi, instrutora de pilates e graduada em fisioterapia. 

Mulher praticando pilates no equipamento e outra mulher auxiliando
Pilates ajuda a evitar que dores e desvios na coluna evoluam (Imagem: Shutterstock)

Atenção durante a prática  

Trabalhar as dores e desvios na coluna é uma maneira de não permitir que os problemas evoluam, segundo Alessandra Truzzi. Apesar de o pilates ser recomendado, todo cuidado é necessário. Movimentos que causam dor devem ser evitados. “Em alguns casos especiais, como na hérnia e protrusões discais, deve-se evitar o movimento de flexão da coluna”, exemplifica a especialista. 

Cuidados ao procurar um estúdio de pilates 

Ao procurar um estúdio de pilates, preocupe-se em verificar se o local possui profissionais capacitados e com experiência no método e em tratar a sua patologia. “Esse profissional deverá realizar uma avaliação postural detalhada e desenvolver um plano de tratamento eficaz”, explica Alessandra Truzzi. Dê preferência em fazer os exercícios orientados por um instrutor. Caso execute sozinho, preste atenção aos movimentos realizados. Eles devem ser feitos sem dores, com precisão e controle do corpo.  

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.