Diabetes: 10 dúvidas sobre cuidados com a alimentação

Diabetes: 10 dúvidas sobre cuidados com a alimentação
Alguns cuidados com a alimentação devem ser tomados (Imagem: Shutterstock)

O diabetes é uma doença crônica e sem cura. Por isso, uma das formas de mantê-la sob controle é cuidando da alimentação. A seguir, a nutricionista funcional Fernanda Paulucci esclarece algumas dúvidas sobre o que pode ou não ser consumido por um diabético.  

1. Diabéticos podem comer de tudo? 

Não. A partir do instante em que você tem o diagnóstico é preciso fazer um planejamento alimentar, muito consciente e prezando uma qualidade alimentar. 

2. O que o diabético não deve comer? 

Doces, açúcares, mais de 3 frutas de alto índice glicêmico ao dia, pães, bolachas, torradas, biscoitos, frituras e molhos prontos. 

Receba as novidades sobre Saúde e Bem-estar, Astrologia, Beleza, Culinária e muito mais!

3. Pessoas com diabetes podem comer doces? 

Se seu corpo não está dando conta de metabolizar adequadamente determinado substrato, você deve respeitá-lo! A exclusão é fundamental para o controle dos níveis de glicemia. Quanto mais doce consumir, maior será a inflamação e, consequentemente, pior será o desempenho do receptor de insulina e o pâncreas terá trabalho triplicado! 

4. Diabéticos só devem consumir alimentos diets? 

Não! Alimentos diets são ricos em gorduras de péssima qualidade, muitos aditivos, adoçantes ruins, que, no final, aumentam ainda mais o quadro da síndrome metabólica (inflamação), tendo o mesmo desempenho de um alimento com açúcar, com farinhas e de alto índice glicêmico. 

5. Pacientes com diabetes podem ingerir bebidas alcoólicas? 

A bebida alcoólica também é transformada em glicose (açúcar) depois de metabolizada no fígado. Sem contar que o produto da metabolização é ainda mais tóxico, o que prejudica a função normal da detoxificação, consequentemente aumentando a inflamação. 

A alimentação saudável é fundamental para quem tem diabetes (Imagem: Shutterstock)

6. A gordura pode aumentar o açúcar no sangue? 

As gorduras não aumentam o açúcar no sangue nem aumentam a liberação da insulina. Porém, gorduras ruins aumentam a inflamação e prejudicam o desempenho do metabolismo, o que influencia na melhora ou piora do quadro da doença. 

7. O que o pré-diabético não deve comer? 

Alimentos ricos em farinhas refinadas, mesmo sem glúten, açúcares, doces em geral, derivados de leite (eles sobrecarregam a produção de insulina, gerando sua resistência no receptor), produtos industrializados ricos em conservantes, adoçantes artificiais e comidas ricas em gorduras saturadas de má qualidade e gorduras trans.  

8. Diabéticos precisam ter cuidado com o consumo do mel? 

Mel, se for orgânico e cru, possui ótimas propriedades medicinais. Mas o que costumamos consumir é pasteurizado e de alto índice glicêmico. Toda vez que elevamos a glicemia, produzimos maior estresse oxidativo, como se enferrujássemos mais. Isso sobrecarrega o fígado, o pâncreas, altera a microbiota intestinal, o que intoxica o indivíduo e propicia ainda mais o descontrole hormonal. 

9. Paciente com diabetes pode comer pão francês? 

O pão francês possui farinha e, mesmo a sem glúten, é prejudicial. O corpo não foi feito para reconhecer farinha, e sim carboidratos complexos de vegetais!  

10. Peixes podem ser ingeridos à vontade? 

Podem, sim! No entanto, deve-se excluir a versão empanada frita! Use a versão empanada na farinha de amêndoas e no forno! Exclua dos temperos itens que contenham glutamato monossódico, amido modificado, xaropes e maltodextrinas. 

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.