4 dicas para gerenciar seus gastos no início do ano

4 dicas para gerenciar seus gastos no início do ano
Despesas do início do mês exigem organização (Imagem: Shutterstock)

A dor de cabeça com as despesas de início de ano é uma realidade para muitos brasileiros. Gastos com IPVA, IPTU, materiais escolares e seguros são alguns exemplos. Por isso, é necessário se organizar bem para não acabar se endividando.

Uma boa maneira de se preparar para a chegada do ano novo é estabelecer um orçamento e procurar formas de economizar nos gastos. “Buscar formas de otimizar a renda, seja economizando ou conseguindo um dinheiro extra, pode fazer a diferença nessas horas. É muito importante incluir o pagamento desses gastos ao longo dos meses no orçamento de despesas do ano”, aconselha Larissa Brioso, economista da Mobills, plataforma de soluções financeiras.

A seguir, vamos mostrar algumas dicas para ajudar você a administrar melhor as suas despesas no início do ano. Confira!

1. Avalie a melhor opção de pagamento do IPVA

Considerando o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), o ideal seria pagar à vista, tendo em vista que o pagamento do IPVA em cota única pode ser feito com desconto de 5% a 20% dependendo da região, dentro do prazo estabelecido por cada estado.

Contudo, sabemos que o pagamento desse tipo de imposto pode acabar pesando no orçamento de quem não fez uma reserva de dinheiro para esse fim. Então, nesses casos, o parcelamento é uma opção. No caso do IPVA, ele pode ser feito de 3 até 10 vezes dependendo do estado. Então, será preciso garantir que essas parcelas entrarão no planejamento de gastos e que serão pagas no prazo.

2. Reduza os gastos nas compras de materiais escolares

Como os gastos com matrícula/rematrícula tendem a ser menos flexíveis, fazer as compras de material escolar de forma inteligente vai ser o grande diferencial. Antes de ir às compras, é muito importante fazer uma lista com todos os materiais que são necessários. Nesse momento, é válido analisar se o estudante possui algum item que possa ser reaproveitado no novo ano letivo.

Essa lista de compras pode ser feita em uma loja on-line, por exemplo, em que podemos encontrar preços melhores e é mais fácil acompanhar as mudanças nos valores. Atualmente existem lojas virtuais que mostram a diferença no preço desde quando o item foi adicionado na lista, e ainda possibilitam frete grátis e rápido. Comparar os preços, seja em loja física ou virtual, é um cuidado importante para quem deseja fazer uma boa compra.

Mulher sentada no sofá segurando celular e cartão de banco
Organização é importante para saúde financeira (Imagem: Shutterstock)

3. Invista em aplicativos de organização financeira

A realização das nossas metas depende da organização financeira. O ideal é que elas estejam claramente definidas em uma plataforma de controle financeiro, como a Mobills, e que o planejamento de cada mês seja pensado de uma forma que dê para direcionar parte da renda para as metas.

Nesse início de ano, as despesas já citadas terão prioridade no orçamento e podem ter uma poupança maior direcionada para elas. Todavia, quanto maior a nossa capacidade de poupar dinheiro, consequentemente conseguiremos também direcionar essa renda para outras metas, como de médio e longo prazo.

A principal diferença está em onde guardamos esse dinheiro. No caso das metas de médio e longo prazo, podemos buscar uma rentabilidade maior em ativos financeiros, mesmo que tenham uma facilidade menor de resgate, tendo em vista que não precisaremos usar esse dinheiro logo.

4. Faça renda extra

Uma boa alternativa para aliviar o bolso é fazer mais dinheiro entrar na conta. Na correria do dia a dia, essa pode ser uma tarefa difícil, mas existem opções interessantes para te ajudar: invista em pontos e cashback, seja revendedor(a) de produtos, venda doces e salgados, faça um brechó de coisas que você não usa, alugue quartos de casa, traduza textos, invista seu dinheiro etc. As ideias são variadas! Suas habilidades e conhecimentos podem se tornar dinheiro a mais, basta explorar bem as oportunidades.

Por Larissa Andreoli

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *