6 dicas simples para uma vida mais saudável

6 dicas simples para uma vida mais saudável
Hábitos de vida saudáveis aumentam o bem-estar do corpo (Imagem: Andrey Yurlov | Shutterstock)

Cuidar da saúde é uma das melhores decisões que podemos tomar na vida. As metas de início de ano nem sempre conseguem se prolongar. Não é fácil manter as atitudes no dia a dia. É preciso foco, determinação e paciência consigo mesmo. Afinal, mudar hábitos não é tão simples.

“O cérebro não gosta de mudanças. Ele opera para manter sempre o padrão. Entende as mudanças como ameaças, por melhores que elas sejam. Por isso, o ideal é criar hábitos fáceis de serem incorporados no dia a dia e que sejam mais fáceis de serem mantidos”, explica o neurologista Italo Almeida, diretor da Neuro Integrada (clínica que integra neurologia às práticas integrativas).

A seguir, o médico indica 6 atitudes simples para você manter a saúde do corpo. Confira!

1. Controle a quantidade de calorias

A restrição calórica pode ter efeitos positivos na saúde e na longevidade. A ideia por trás dessa abordagem é simples: reduzir a quantidade de calorias consumidas diariamente pode prolongar a vida e reduzir o risco de várias doenças crônicas ou relacionadas à idade, como câncer, diabetes, doenças cardiovasculares e declínio cognitivo.

2. Tome banho de sol diariamente

O sol, na medida certa e em horários adequados, é um grande aliado da saúde. É por meio da exposição ao sol que o corpo adquire grande parte da vitamina D, nutriente fundamental para o sistema imunológico, digestivo, circulatório e nervoso. “[…] O hábito de tomar um banho de sol – de 20 a 30 minutos, sem protetor solar, são suficientes – faz bem para a saúde e para o humor”, diz Italo Almeida.

3. Levante-se a cada uma hora

Pode até parecer bobagem, mas interromper por poucos minutos o tempo que você fica sentado é uma forma muito eficiente de driblar o sedentarismo e ganhar qualidade de vida. Ficar sentado por longos períodos aumenta os riscos de doenças cardiometabólicas (hipertensão arterial, diabetes e infarto) e até de câncer. Então, mexa-se!

Mesmo que a rotina de trabalho esteja intensa, se dê pequenas pausas para esticar o corpo, caminhe por alguns minutos, seja em casa ou no trabalho. Se, pelo menos uma vez por dia puder substituir o elevador pelas escadas, melhor ainda. Uma dica para facilitar e manter a consistência com sua proposta de levantar de hora em hora é colocar um alarme em seu celular ou em outros dispositivos.

mulher preparando uma refeição saudável
Alimentação saudável mantém o intestino funcionando adequadamente (Imagem: Josep Suria | Shutterstock)

4. Coloque o intestino para funcionar

Estima-se que aproximadamente 70% de todas as células do sistema imune estão ligadas ao trato gastrointestinal. Por esse motivo, o intestino age como um regulador da imunidade. Ter uma boa microbiota intestinal e tornar uma rotina diária a ida ao banheiro pode ser um caminho para ter mais saúde. Uma alimentação saudável, com comida de verdade no cardápio, a base principalmente de frutas e vegetais – alimentos ricos em fibras – pode acelerar o funcionamento do seu intestino.

5. Pratique exercícios de respiração

Você já ouviu falar de pranayama? Esta técnica de controle da respiração do yoga é muito eficaz na modulação do sistema nervoso autônomo, capaz de promover estados de calma e relaxamento que podem aliviar os sintomas da ansiedade. Ao prolongar a respiração, por exemplo, você ativa o sistema nervoso parassimpático, responsável pelo relaxamento.

“O pranayama promove ações neurais que propiciam serenidade mental e física. Além disso, a prática aumenta a consciência no momento presente, reduzindo os padrões de preocupação e antecipação característicos da ansiedade”, destaca Karla Araújo, professora de yoga e fisioterapeuta da Neuro Integrada.

6. Durma bem

Por último e não menos importante: valorize suas horas de repouso. Uma boa noite de sono é fundamental para restaurar o corpo, descansar a mente e melhorar a saúde. Engana-se quem pensa que a única função do sono é descansar.

Enquanto você dorme, o organismo tem outros ganhos, como regular a pressão arterial, fazer os reparos no coração, equilibrar a produção de hormônios relacionados à glicemia e ao controle da fome e corrigir o sistema imunológico. O sono adequado melhora o humor, a saúde mental, consolida o aprendizado e ajuda a manter a memória.

Dormir bem é um dos pilares essenciais para a qualidade de vida. A média de tempo do sono ideal varia entre 6 e 8 horas. É recomendado ir para a cama antes das 23h. Dormir permite ao cérebro limpar os resíduos acumulados no dia anterior. “É a chamada faxina celular. A eliminação das toxinas no cérebro é essencial, visto que seu acúmulo na forma de proteínas tóxicas pode provocar doenças”, conclui Italo Almeida.

Por Marlene Francisco 

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *