3 ferramentas do yoga para combater o estresse

3 ferramentas do yoga para combater o estresse
O yoga é uma ferramenta poderosa e integrada para combater o estresse (Imagem: Zdenka Darula | Shutterstock)

O estresse é uma resposta do organismo a qualquer demanda ou pressão percebida como ameaçadora ou desafiadora, desencadeada por diversos fatores, como situações no trabalho, problemas pessoais, preocupações financeiras, entre outros. Quando enfrentamos uma situação estressante, o corpo libera hormônios como o cortisol e a adrenalina, desencadeando reações físicas e emocionais.

No entanto, o estresse crônico e persistente pode ser altamente prejudicial para a saúde. Isso porque pode afetar negativamente o sistema imunológico, aumentando o risco de doenças infecciosas e inflamatórias. Além disso, pode contribuir para o desenvolvimento de condições crônicas, como hipertensão arterial, doenças cardíacas, distúrbios gastrointestinais e distúrbios mentais, como ansiedade e depressão.

Diante desse desafio, além das abordagens médicas convencionais, o yoga emerge como uma ferramenta poderosa e completa para combater o estresse. “O yoga é uma prática complementar essencial para o tratamento do estresse, justamente por integrar posturas físicas, técnicas respiratórias, meditação e hábitos saudáveis. Essa abordagem ampla traz uma resposta completa ao problema ao promover equilíbrio mental, emocional e físico”, explica o professor de yoga e naturopata Ravi Kaiut.

Abaixo, confira como o yoga pode ajudar a combater o estresse!

1. Posturas físicas do yoga contra o estresse

De acordo com Ravi Kaiut, as asanas, posturas físicas do yoga, uma de suas técnicas mais famosas, ajudam a combater os sinais físicos do estresse. “As posturas físicas do yoga geram um relaxamento muscular, reduzem a tensão corporal e aumentam a consciência corporal, o que permite combater os sinais físicos do estresse. Além disso, ao praticar as posturas, o corpo libera endorfinas, hormônios responsáveis pela sensação de bem-estar, e diminui os níveis de cortisol, o hormônio do estresse”, afirma o especialista.

Mulher em posição de meditação em um tapete de uma sala
Controlar a respiração usando técnicas de yoga auxilia no gerenciamento do estresse (Imagem: Lordn | Shutterstock)

2. Respiração é importante no yoga

A respiração é um dos principais fatores envolvidos no estresse, desencadeando outros sintomas perigosos. Por isso, saber controlar bem a respiração e usar as técnicas milenares do yoga, conhecidas como pranayama, ajuda a modular melhor o estresse no dia a dia, afirma Ravi Kaiut.

“As técnicas respiratórias do yoga ajudam a acalmar o sistema nervoso, a reduzir a ansiedade, a aumentar a oxigenação do corpo, a diminuir os batimentos cardíacos e a induzir a um estado de relaxamento profundo, que ajuda a controlar o estresse, principalmente em situações de pico de estresse”, diz o professor de yoga e naturopata.

3. Meditação para lidar com o estresse

Além dos impactos e causas físicas do estresse, a mente também tem um papel importante. Isso porque é na forma que lidamos, entendemos e relacionamos situações na nossa mente que nasce o estresse como uma resposta, muitas vezes desproporcional à situação. Por isso, é importante recorrer à meditação para melhorar a forma como a mente lida com o estresse, revela Ravi Kaiut.

“As técnicas meditativas no yoga ajudam a fortalecer a mente para lidar com o estresse ao permitir identificar seus gatilhos e a controlar suas reações. Promove autoconhecimento, autocontrole e inteligência emocional, fundamentais para modular a resposta a situações estressantes e minimizar os impactos disso na sua saúde física e mental”, afirma o professor.

Por Adriana Quintairos

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *