11 frutas que os cachorros não podem comer

11 frutas que os cachorros não podem comer
Oferecer frutas que não são digeridas pelo organismo do cão pode afetar a sua saúde (Imagem: Shutterstock)

Se frutas e vegetais são ótimos para nossa saúde, eles devem ajudar a saúde dos cachorros também, correto? Na verdade, especialistas alertam que muitos dos nossos alimentos fazem mal para os cães.

Cachorro pode comer fruta?

Antes de falarmos das frutas que o cachorro não pode comer, vale a pergunta: cachorro pode comer fruta? De acordo com especialistas, elas não devem ser a base da alimentação dos cães. Eventualmente, porém, seu pet pode, sim, saborear um petisco natural. Algumas frutas e legumes, além de saborosos, podem até fazer um bem danado para seu amigo de quatro patas!

Porém, nem tudo são flores, ou melhor, frutas… Outros alimentos não só fazem mal como podem ser extremamente perigosos! Ingerir um vegetal que não é digerido pelo organismo do cão pode gerar sérias complicações. Assim, mantenha uma lista de quais frutas cachorro não pode comer na hora de oferecer um agrado ao seu amigo.

Receba as novidades sobre Saúde e Bem-estar, Astrologia, Beleza, Culinária e muito mais!

Frutas que cachorro não pode comer

Apesar de serem naturais e cheias de nutrientes, nem todas as frutas são benéficas para os cachorros. Alguns itens comuns de uma lista de feira podem ser extremamente perigosos para os cães! Para tirar todas as dúvidas, convidamos a médica-veterinária da Petz, Dra. Suelen Silva. Segundo a especialista, entre as frutas que o cão não pode comer, devemos citar:

1. Abacate

Engana-se quem acha que cães podem comer abacate. Delicioso, salgado ou doce, o abacate deve ficar longe de seu colega peludo. A fruta possui uma substância chamada persina, que é venenosa para os pets. Por isso, pode causar vômitos, diarreias e problemas no coração.

2. Abacaxi

O abacaxi não é indicado, porém a fruta não chega a ser um veneno para os cães. Aqui, o problema é a
acidez, que pode causar complicações no estômago do animal.

3. Carambola

A carambola tem uma toxina natural que pode causar problemas renais no cão, com sintomas como vômito, diarreia, salivação intensa, tremores, sangue na urina, entre outros. Isso porque possui alta concentração de ácido oxálico, que pode causar acúmulo de cálculos nos rins e na bexiga, causando
insuficiência renal. Além disso, também possui a caramboxina, toxina que causa alterações neurológicas e
maior comprometimento dos rins.

4. Cereja

Essa fruta tão pequena e, aparentemente inofensiva, contém cianeto em seu caroço e casca, que podem causar falência respiratória e, consequentemente, a morte do animal, porque prejudica o transporte de oxigênio pelas células sanguíneas.

5. Damasco

Assim como a cereja, possuem polpas seguras para o consumo animal. Mas as hastes, sementes e folhas possuem muito cianeto, podendo causar grandes problemas respiratórios.

6. Coco

Por conter triglicérides, pode causar inchaço, desconforto, dor de estômago e diarreia.

7. Açaí

É rico em teobromina, a mesma substância presente no chocolate e que pode causar intoxicação nos cães. Portanto, não pode dar açaí para o cão.

8. Figo

Além de reações alérgicas, podem causar vômito e diarreia caso a árvore ou planta seja ingerida. Processos inflamatórios na pele também são reações comuns.

Cachorro deitado na areia com cesta de frutas ao lado
Frutas ácidas podem causar gastrite nos cães (Imagem: Shutterstock)

9. Laranjas e limão

Frutas conhecidas pela acidez também passam longe da lista de frutas que o cachorro pode comer. Ninguém imagina que uma bela laranja, cheia de vitamina C, possa ser perigosa, não é mesmo? Porém, quem acha que cachorro pode comer laranja está bastante enganado! O excesso de acidez dessas frutinhas pode causar gastrite e outras complicações. Portanto, ambas devem ficar de fora da dieta de seu amigo.

10. Maracujá

Apesar dos inúmeros efeitos que podem ajudar o animal, como calmante e ansiolítico (essas propriedades estão presentes na folha), cachorro não pode comer maracujá na sua forma in natura. Isso porque só é recomendado dar a polpa da fruta, mas sem casca, sementes e folhas. Como é muito difícil separar tudo isso e oferecer somente a polpa para os cachorros, a recomendação é que não seja ofertada ao cão.

11. Uvas e passas

Nem pense em dar aquelas uvas suculentas para seu amiguinho peludo. As uvas são extremamente perigosas para os cachorros. Estudiosos não sabem ao certo quais substâncias da fruta afetam os cães,
mas há diversos relatos de doenças e, até mesmo, mortes causadas pela ingestão da fruta. As passas também apresentam os mesmos riscos e, por isso, não devem ser oferecidas ao seu companheiro.

Escolha o petisco ideal para o seu pet

Apesar da lista não ser muito longa, algumas frutas apresentam alto risco para os nossos pets. Por isso, o ideal é deixar a salada de frutas apenas para os humanos. Para seu animal de estimação, escolha um petisco mais apropriado.

Texto originalmente publicado na revista Spaço Pets (Edição 39, Ano 4, Setembro 2022).

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.