Linguagem corporal e eleições: veja dicas para identificar quando um candidato está mentindo

Linguagem corporal e eleições: veja dicas para identificar quando um candidato está mentindo
Pessoas mentindo mudam o comportamento natural (Imagem: Shutterstock)

No dia 02 de outubro acontecem as eleições gerais brasileiras. E, para escolher um candidato, principalmente à presidência, são realizados diversos debates televisivos, para que a população possa conhecer melhor as propostas. 

Mas, além de compreender o que está sendo dito, uma das estratégias para analisar o seu possível candidato é a linguagem corporal, pois a postura de cada um pode denotar se o que está sendo dito é mentira ou verdade.

Mentiras desequilibram o corpo

Uma pesquisa da Universidade de Massachussets sugere que mentimos uma vez a cada dez minutos de conversa, em média. Segundo Wanderson Castilho, especialista em detecção de mentiras e autor do livro “Mentira – Um rosto de muitas faces”, a mentira desequilibra o corpo de uma pessoa, e as reações são completamente biológicas, mudando o comportamento natural dela.

Receba as novidades sobre Saúde e Bem-estar, Astrologia, Beleza, Culinária e muito mais!

“A compreensão de uma comunicação não verbal é uma das formas de pegar um potencial mentiroso, com a linguagem corporal é possível revelar detalhes, até mesmo os mais escondidos”, diz Wanderson Castilho. O especialista ainda explica que um mentiroso sempre perde força no discurso, já uma pessoa que diz a verdade ganha poder na argumentação e persuasão.

Por isso, o especialista em detectar mentiras listou algumas dicas para você identificar quando o seu candidato está ou não mentindo. Confira!

1. Preste atenção no excesso de detalhes 

O excesso de detalhes revela a necessidade de conferir algo que é falso. A verdade normalmente não é expressa com riqueza de detalhes, mas de forma genérica. Os detalhes, se necessário, vem em seguida.

2. Fique atento aos gestos feitos com as mãos

Quando alguém está mentindo, ela usa esforços para conter sua ansiedade em mentir. Por exemplo, esfregar as mãos, pois elas podem ficar mais trêmulas e agitadas.

Homem e mulher conversando
Ao contar mentiras as pessoas costumam gesticular em excesso (Imagem: Shutterstock)

3. Repare na entonação da voz 

De acordo com Wanderson Castilho, o tom de voz também pode ficar baixo e a fala ser projetada para dentro.

4. Concentre-se nas emoções 

Quando uma história é contada, a emoção ao lembrar das memórias também é vivida no momento da narração. Por isso, esse é um item de importante alerta. Por exemplo, se é uma história triste que está sendo narrada, logo a emoção deve combinar com o episódio narrado.

5. Observe as respostas das perguntas

Ficar dando voltas para responder ou, até mesmo, repetir a pergunta é um outro grande indicativo. Assim, o potencial mentiroso ganha tempo para seu cérebro processar e criar a mentira.

6. Foque no olhar 

Um forte indicativo de que a pessoa está mentindo é quando ela não consegue manter um contato visual fluido. Mas um mentiroso que sabe que o desvio de olhar é um forte indicativo de mentira, também pode olhar fixamente, e de forma exagerada para outra pessoa.

7. Note se a pessoa demora para responder 

Essas pausas podem indicar que o cérebro está criando próximas cenas/informações para complementar a mentira já contada.

8. Fique de olho na postura corporal 

O especialista pontua que a postura é muito importante. Isso porque, quando alguém está contando uma mentira, um dos seus ombros se levanta. Com esse gesto, ele transmite descaso com o que está dizendo.

Wanderson Castilho 

Com mais de 5 mil casos resolvidos, o perito cibernético e físico utiliza estratégias de detecção de mentiras e raciocínio lógico para interpretar os algoritmos dos crimes digitais. Autor de quatro livros no segmento, atua há 30 anos no mercado refazendo os passos dos criminosos virtuais para desvendar a metodologia empregada no crime digital.

Por Luana Farias e Redação EdiCase

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.