5 mitos e verdades sobre saúde capilar

5 mitos e verdades sobre saúde capilar
É importante saber o que realmente faz bem para o cabelo (Imagem: Shutterstock)

Antes de tomar qualquer decisão que irá afetar o cabelo, é sempre importante estar ciente se aquilo faz bem ou mal. Contudo, nem sempre o que a gente vê ou ouve é verdade. Por isso, estar atento às informações é importante. Pensando nisso, Paula Breder, naturalista capilar e fundadora da marca Paula Breder Fitocosméticos, lista cinco mitos e verdades sobre a saúde dos fios. Confira!

1. Fitocosméticos são bons aliados para os cabelos?

Verdade. Os fitocosméticos são produzidos com base em ativos naturais. Sendo assim, não geram danos a longo prazo e possuem uma ação mais rápida e eficaz que os produtos industrializados. 

2. Devemos intercalar o uso de shampoos?

Mito. A ideia de que é preciso trocar a marca do shampoo de tempos em tempos, pois ele perde sua eficácia, não é verdade. O que acontece é que, com as mudanças de temperatura, o fio de cabelo muda, podendo ficar mais ressecado ou oleoso, por exemplo. Logo, é necessária uma mudança de produto a fim de atender às necessidades das madeixas naquele período. 

Receba as novidades sobre Saúde e Bem-estar, Astrologia, Beleza, Culinária e muito mais!

Mulher com o cabelo molhado e secando com a toalha
Deixar o couro úmido por muito tempo pode causar caspa (Imagem: Shutterstock)

3. Dormir com o cabelo molhado não tem problema? 

Mito. Dormir com o cabelo molhado faz mal, sim, para a saúde capilar. Ao ser dobrado, o cabelo muda sua maleabilidade e, ao estar seco, o fio pode quebrar nesse ponto de dobra. Além disso, deixar o couro úmido por tanto tempo aumenta a prevalência da caspa. 

4. O sol danifica os fios?

Verdade. Os raios solares são prejudiciais para o couro cabeludo, assim como para o rosto e para a pele. Diante disso, invista em produtos com proteção solar capilar também. 

5. Enrolar o cabelo na toalha faz mal

Verdade. Esse hábito é prejudicial não somente para os fios, que podem ser quebrados, como para o couro cabeludo, porque abafa aquela área úmida com a toalha, gerando caspa. 

Agora que algumas dúvidas já foram esclarecidas, não há motivos para não cuidar da saúde capilar! 

Por Mariana Yole Pereira de Souza

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.