5 mitos e verdades sobre o exame papanicolau

5 mitos e verdades sobre o exame papanicolau
Exame do papanicolau é importante para evitar o câncer de colo de útero (Imagem: Shutterstock)

O papanicolau é um exame simples e comum na vida das mulheres. Importante para detectar alterações nas células do colo do útero, o teste indolor é capaz de salvar vidas. Mas, apesar disso, muitas mulheres ainda deixam de fazer a análise devido a desinformação ou dúvidas sobre o assunto.

Considerando isso, a médica ginecologista e obstetra Dra. Camila Gonçalves Mendes esclarece as principais dúvidas sobre o exame e alerta sobre a sua importância para o combate ao câncer de colo de útero. Confira!

1. Mulheres virgens não precisam fazer o teste?

Verdade. Segundo a médica ginecologista, mulheres virgens não precisam realizar o exame, pois o objetivo dele é diagnosticar precocemente lesões causadas pelo Papilomavírus Humano (HPV), doença sexualmente transmissível, o que nesses casos não seria necessário, já que não há a prática de relação sexual.

Receba as novidades sobre Saúde e Bem-estar, Astrologia, Beleza, Culinária e muito mais!

2. Gestantes não podem fazer o exame?

Mito. Conforme explica a Dra. Camila Gonçalves Mendes, as mulheres grávidas podem sim realizar o exame, “desde que sejam autorizadas por seus obstetras”, diz a especialista.

3. Não é recomendado estar menstruada no dia da coleta?

Verdade. De acordo com a especialista, o exame pode ser coletado em qualquer fase do ciclo menstrual, exceto durante a menstruação. “Nada impede que a paciente seja examinada menstruada, mas a coleta precisa ser realizada em outro dia já que a presença de sangue pode atrapalhar a análise do exame”, explica a ginecologista.

4. Mulheres lésbicas não precisam fazer o exame?

Mito. Há quem ache,que mulheres que só se relacionam sexualmente com outras mulheres não precisam fazer o exame, mas este não é o caso. “O vírus HPV, principal causador do câncer de colo uterino, ocorre tanto nas relações sexuais entre homens e mulheres quanto em relações de sexo entre duas vaginas. Por isso a importância da realização do exame em mulheres que se relacionam com mulheres. E vale ressaltar que homens transexuais também devem fazer a coleta”, detalha a médica.

5. Preciso fazer o exame mesmo sem sentir nenhum sintomas?

Verdade. Outro erro comum, segundo a ginecologista, é imaginar que a falta de sintomas físicos aparentes justifica a não realização do Papanicolau. Esta é uma conduta bastante perigosa já que o câncer de colo de útero é silencioso e só causa sintomas quando está muito avançado.

Por José Luiz Sykacz 

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.