Veja dicas de como pedir um aumento salarial

Veja dicas de como pedir um aumento salarial
Existem formas certas de pedir um aumento salarial (Imagem: shutterstock)

Saiba como convencer o seu gestor de que você merece um acréscimo no salário

Uma das situações mais delicadas para um funcionário é a hora de pedir um aumento, quando ele considera que está exercendo uma função que deveria ser melhor remunerada. Os consultores entrevistados sugerem algumas formas de passar por essa situação com sucesso.

O Diretor de Projetos e Coach Executivo da Apoema Inteligência em Pessoas, Marcos Tonin, destaca que pedir um aumento é algo que se deve fazer com consciência, postura e racionalidade.

> Entenda a importância do networking para a sua carreira

Aguarde o momento certo

O fundador e diretor geral da Elevartis, Guilherme Rego, ressalta que é importante tomar cuidado para não se adiantar. “Na maioria das empresas existe uma política de aumento por mérito, você deve ficar atento para não se precipitar”, aponta.

Entretanto, de acordo com Guilherme Rego, se na sua empresa não possui essa política de aumento salarial, “ou se mesmo assim você considera que o seu salário está abaixo do esperado, ou abaixo de seus colegas que fazem a mesma função, não tem problema nenhum você argumentar educadamente com seu chefe. Sempre é uma situação delicada”, afirma.

O profissional acredita que nessa situação o mais importante é ter tato para saber falar e argumentar com o chefe sobre a possibilidade, sempre levando argumentos consistentes.

> Primeiro emprego: dicas para conquistar a vaga dos seus sonhos

Pontos a considerar

Marcos Tonin destaca alguns pontos que devem ser levados em consideração antes de falar com o seu chefe sobre a possibilidade do aumento salarial.

  • Qual é o motivo do aumento?
  • O que o leva a crer que o aumento é merecido?
  • Existe alguém que realiza o mesmo trabalho que o seu e é remunerado de forma diferente? Você já foi entender o porquê isso acontece?

Nunca use como argumento para pedir o aumento uma comparação sua com outro funcionário. O aumento é mérito próprio, então, mantenha o foco em seu trabalho e em como isso realmente tem contribuído para o crescimento da empresa e de sua área.

> Entrevista: como falar dos seus pontos fracos

Elaborando adequadamente esses pontos a possibilidade de sucesso é maior. “Você precisa ter argumentos convincentes, ter uma base sólida, números e dados que comprovem a eficiência do seu trabalho. Nessa situação, é muito importante que você tenha certeza de que seu trabalho é apreciado na empresa. Se você não entrega nada, não faz nada e passa horas no Facebook, corre o risco de você ser demitido ao invés de ser promovido”, alerta Guilherme Rego.

Organizando os argumentos

Muitas pessoas sofrem ao pensar em ter uma conversa dessas com o gestor e acabam desistindo. Mas, levantando os pontos de coerência, aumentam as chances de conseguir o que quer, sugere o diretor de projetos e coach executivo da Apoema Inteligência em Pessoas.

Veja como organizar seus argumentos antes de conversar sobre um possível aumento de salário:

  • Seja claro com o seu gestor sobre o que está pensando, diga o que quer e não o que não quer mais.
  • O que é um aumento para você? Se seu discurso for fraco, sem critérios e parâmetros, você corre o risco de receber menos do que poderia.
  • Quais são os critérios que você levantou e que acredita que sejam realmente relevantes para pedir aumento?
  • Quais são os resultados factíveis que você tem para argumentar com seu gestor sobre o aumento?
  • Ter estas conversas pelo telefone e e-mail é praticamente um crime. Solicite uma reunião com o seu gestor.
  • Questione o seu gestor sobre o seu bom trabalho, desempenho e sobre o que você ainda precisa fazer para que tenha um aumento. Às vezes, precisamos de direcionamento para que as coisas aconteçam.
  • Esteja pronto para encarar os argumentos de seu gestor como uma estratégia, e não como uma briga. Profissionais acabam se exaltando demais quando o chefe os questiona sobre o merecimento do aumento e acabam não tendo inteligência emocional suficiente para lidar com isso. Não leve para o lado pessoal, o papel de seu gestor é lhe questionar.
  • Fale sobre fatos e resultados. Possibilidades e emoções, bem como simplesmente falar que sua família não enfrenta um bom momento financeiro não são bons argumentos, além de lhe expor negativamente.

Portanto, mantenha o foco em seus resultados, nos fatos que demonstrem seu desenvolvimento e compromisso com a empresa. Assim, será mais fácil convencer o seu chefe.

Confira outras dicas sobre trabalho e carreira na revista Sim, Você Pode.

Redação EdiCase

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *