Contraste de cor na decoração

Contraste de cor na decoração
Contraste na decoração (Imagem: Shutterstock)

Veja como combinar cores de forma harmônica ao decorar o seu lar

Na hora de decorar um espaço, algumas dúvidas em relação ao uso das cores podem surgir. Afinal, as possibilidades de combinações são grandes. Uma sugestão, então, é apostar no contraste de cor, que pode ser utilizado nas paredes, móveis e objetos.

Benefícios do contraste de cores

A designer de interiores Nathália Ferreiro explica que um contraste de cor harmônico é capaz de agregar acolhimento, conforto, sofisticação e beleza ao ambiente.

Receba as novidades sobre Saúde e Bem-estar, Astrologia, Beleza, Culinária e muito mais!

“As cores têm o poder de despertar emoções ou até mesmo criar um pré-julgamento inicial em nosso subconsciente. O contraste, utilizado de forma correta, pode despertar o interesse do telespectador a respeito dos elementos que gostaríamos de destacar”, complementa a arquiteta Yasmin Barros.

>​Decoração contemporânea: saiba como aplicar nos ambientes da casa

Contraste de cor e o círculo cromático

Círculo cromático (Imagem: Shutterstock)

Yasmin Barros explica que para identificar um tipo de contraste é preciso utilizar uma ferramenta chamada “círculo cromático”. Nela, podemos observar oito esquemas de cores principais, sendo que cinco deles são contrastantes. Veja:

>Descubra como encontrar o seu estilo de decoração

Complementar: duas cores que estão opostas no círculo cromático. Por exemplo: laranja e azul.

Complementar dividido: uma cor principal e duas adjacentes. Por exemplo: laranja, azul-violeta e azul-esverdeado.

Análogo + Complementar: três cores adjacentes e uma complementar. Por exemplo: laranja, azul-violeta, azul- verde e azul royal.

Triádico: três cores que estão opostas no círculo cromático. Por exemplo: azul, amarelo e vermelho.

Retângulo: são quatro cores, sendo que duas das tonalidades estão opostas às outras duas. Por exemplo: roxo, laranja, azul e amarelo.

Aplicação dos contrastes

De acordo com a arquiteta Yasmin Barros, os contrastes de cores podem ser aplicados de diversas formas nos ambientes. Ela explica que podemos utilizar essa tendência nas paredes quando queremos destacar algum elemento ou criar sensações, como amplitude, largura e altura.

>Feng Shui: saiba como aplicar em casa

Em relação aos objetos decorativos, ela comenta que o contraste de cor pode ser usado de forma mais segura, pois além de destacar o que gostaríamos, os itens podem ser manuseados facilmente.

Contraste em ambientes pequenos

Tanto a arquiteta Yasmin Barros quanto a designer de interiores Nathália Ferreiro concordam que para ambientes pequenos, o ideal é aplicar cores claras no teto e nas paredes e deixar o contraste apenas para os móveis e objetos decorativos.

>Como tornar a decoração da sua casa mais sustentável

Contraste em espaços grandes

Nathália Ferreiro comenta que em ambientes grandes podem ser usadas cores mais vibrantes, o que possibilita um contraste maior. Entretanto, a designer de interiores ressalta que esse contraste vai depender do tipo de ambiente e da função dele no dia a dia.

>A influência da decoração na saúde emocional

Aplicação em outros ambientes

Para o espaço de trabalho, Yasmin Barros recomenda um contraste que utilize as cores azul, amarelo, laranja, verde e até mesmo roxo. Isso porque essas tonalidades vibrantes aumentam de forma indireta a criatividade dos funcionários. Para um local de descanso espaçoso, a dica da arquiteta é apostar em contrastes que remetem a serenidade e tranquilidade, como o verde com um tom caramelo ou cinza.

>Decoração escandinava: conheça essa tendência

Cuidados importantes

De acordo com Nathália Ferreiro, o principal cuidado quanto ao uso do contraste de cor é em relação à análise do local. Por exemplo, para um ambiente com pouca iluminação não é recomendado o uso de cores vibrantes, pois ele ficará ainda mais escuro.

Por isso, a designer de interiores recomenda contratar um profissional especializado. “O especialista saberá aplicar as cores e texturas, conseguindo atingir o máximo potencial daquele espaço”, finaliza.

Leia também:

Inove seu bar e restaurante: saiba quais são as principais tendências

Decoração escandinava: conheça essa tendência

Decoração: conheça as tendências do estilo oriental

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.