Empoderamento feminino avança também no ambiente corporativo

Empoderamento feminino avança também no ambiente corporativo
Mulheres no ambiente corporativo (Imagem: Shutterstock)

Entenda o que tem motivado o crescimento da participação de mulheres em treinamentos de alto impacto

Por Priscila de Paula e Redação EdiCase

Trabalhar a diversidade nas empresas tem sido cada vez mais importante e um desafio no mundo corporativo, sobretudo em tempos de pós-pandemia. Embora ainda sejam poucas as empresas que contam com mulheres nas lideranças, as pesquisas já mostram que diversidade e inclusão são cada vez mais essenciais nesses ambientes.

No Brasil, o tema chegou com força, inclusive, aos programas de treinamento, seja por iniciativa das próprias mulheres, que buscam o aperfeiçoamento, ou das empresas, que querem preparar melhor seus colaboradores para atuar assertivamente em relação aos desafios de gênero.

Mulheres no mercado de trabalho

Durante a crise da pandemia da COVID-19, muitas mulheres buscaram se reinventar para permanecer no mercado, ao mesmo tempo em que as empresas ampliaram o foco na diversidade.

Isso se traduziu na maior procura por treinamentos especializados de alto impacto e até de empoderamento, que proporcionam soluções reais para desafios que surgem no âmbito econômico, empresarial, social e cultural.

Desafios para as mulheres

Para Rebeca Baltazar, jornalista e empresária, embora o cenário esteja mudando, o maior desafio para o empreendedorismo feminino ainda é a falta de referências.

“Para vender nosso serviço precisamos tomar cuidado redobrado com posicionamento e outros aspectos que demonstrem autoridade e transmitam ao cliente a segurança de delegar o serviço à uma equipe de mulheres.”

Segundo ela, os desafios são inúmeros no ambiente corporativo, mas não é impossível. “Precisamos que as mulheres tomem consciência do potencial que possuem e saibam que podem, sim, empreender, estar em cargos mais altos e de liderança. Se dermos suporte umas às outras podemos ampliar nossos conhecimentos e nossas forças”, afirma.

> 10 dicas para conquistar um novo emprego

Mulheres estão mais empoderadas também no trabalho (Imagem: Shutterstock)

Foco no empoderamento feminino

O master coach e treinador comportamental Jean Patrick, CEO e founder head coach do Instituto Jean Patrick, observa a participação ativa das mulheres nos treinamentos de alto impacto para se tornarem mais empoderadas.

“Durante as dinâmicas, as mulheres falam de suas inseguranças e do que não gostam, e conseguem melhorar a produtividade e a postura frente aos desafios relacionados à atuação no mercado de trabalho”, conta o master coach e treinador comportamental, que já realizou treinamentos com foco no empoderamento apenas para mulheres. 

“A ideia principal é a pessoa buscar os recursos interiores que a ajudarão a realizar as mudanças. No treinamento, provocamos muitas reflexões sobre a vida da pessoa e sobre o que ela pode fazer para mudar”, acrescenta.

> Semana de trabalho com 4 dias tem ganhado espaço em empresas

Mulheres atentas às novidades em treinamentos

Jean explica que, em seus treinos de alto impacto nas empresas, as mulheres são maioria. Isso comprova que elas estão cada vez mais atentas às novidades em treinamentos, em se autoconhecerem, trabalharem as suas habilidades e compreenderem as suas dificuldades.

“Este trabalho pode se refletir no maior protagonismo profissional, na melhor tomada de decisões e das escolhas realizadas, bem como na melhor gestão do tempo e para alcançar um equilíbrio maior entre a vida pessoal e o trabalho”, conta.

Acompanhe mais dicas de carreira na revista ‘Sim, você pode!’

Redação EdiCase

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *