Entenda as causas da ansiedade durante a gravidez

Entenda as causas da ansiedade durante a gravidez
As informações sobre gravidez geram muita ansiedade (Imagem: Shutterstock)

Por médica Viviane Lopes

Além de muitas mudanças físicas, ocorrem também inúmeras mudanças emocionais, sensações e vivências entre o dia em que se recebe a notícia de uma gravidez até o nascimento de um filho. Este é um tempo de espera… muita espera… Ato com o qual as mulheres não estão mais acostumadas… Afinal, no mundo moderno as mudanças e informações estão cada vez mais velozes, e tudo gira muito rápido à nossa volta. Ninguém tem tempo a perder.

Velocidade das informações durante a gestação

As grávidas são pessoas à espera de serem mães. E isso gera muita ansiedade e angústia. Soma-se a isto o incrível aumento das informações que o avanço da tecnologia na área médica proporcionou. Hoje, podemos acompanhar e saber sobre o desenvolvimento de um feto a cada semana e perceber suas mudanças ao longo da gravidez. Podemos até estabelecer um padrão comportamental através de ferramentas avançadas como a tecnologia 4D dos aparelhos de ultrassom.

Isto é fantástico! Afinal, é compreensível que a mulher moderna queira todas as informações possíveis e imagináveis de um serzinho que está crescendo e se desenvolvendo no claustro de seu útero, mas longe dos seus olhos. Contudo, a possibilidade de obter cada vez mais informações acerca da gravidez também traz consigo muita ansiedade.

Mulher grávida e marido no consultório realizando ultrassom
A gravidez geralmente é um momento de muita expectativa (Imagem: Shutterstock)

Período de muitas expectativas e ansiedade

As preocupações se iniciam desde as primeiras semanas de gravidez até o parto, momento em que impera a preocupação e a expectativa que tudo dê certo, para finalmente ter o bebê nos braços.

No primeiro ultrassom já queremos ouvir o batimento do embrião, que muitas vezes tem apenas 5 mm de comprimento. Este som acalma nossos corações… Mas é só o início de uma quantidade imensa de exames no período pré-natal, e de uma jornada na qual as grávidas experimentam incontáveis vezes sentimentos de aflição e ansiedade diante de uma possível notícia inesperada.

Diferentemente do passado

Assim, antigamente essa angústia era justificada por não saber nada sobre o feto até o parto, pois não havia tecnologia suficiente. Todas as informações sobre este novo ser eram obtidas somente após o nascimento, que por si só já é um evento estressante. Já nos dias de hoje, existe a disponibilidade de uma incrível quantidade de informações no período pré-natal; o que também gera uma carga enorme de preocupações e ansiedade.

Ou seja, a grávida é um ser ansioso, sim. Mas convenhamos: não é sem motivos! Este é o mundo emocional da grávida. Compreendê-lo é o primeiro passo para ajudá-las.

Viviane Almeida de Alcantara Lopes

Possui graduação em Medicina pela Universidade de Brasília (1999). É mestre em ciências pelo Departamento de Obstetrícia da Universidade Federal de São Paulo. Tem experiência na área de Obstetrícia, com ênfase em Medicina Fetal.

Redação EdiCase

One thought on “Entenda as causas da ansiedade durante a gravidez

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.