9 atitudes para melhorar o resultado do seu treino

9 atitudes para melhorar o resultado do seu treino
Atitudes para tornar o treino mais eficiente (Imagem: Shutterstock)

Especialistas ensinam como tornar a prática mais eficiente e garantir bons resultados

Para aproveitar melhor o treino e ter mais energia durante a realização dos exercícios físicos é preciso inserir na rotina hábitos simples, mas importantes. A seguir, Larissa Kussano, professora de musculação da academia Bio Ritmo, e de Felipe Donatto, nutricionista esportivo, contam quais são eles.

> Hidroginástica: veja como a prática ajuda a definir e tonificar o corpo

Receba as novidades sobre Saúde e Bem-estar, Astrologia, Beleza, Culinária e muito mais!

1. Faça as pazes com o travesseiro

Larissa Kussano explica que um corpo definido tem três pilares: exercício, alimentação e descanso. “À noite, nosso corpo se recupera e secreta hormônios que desenvolvem e reparam os músculos. O GH, hormônio do crescimento, é que ajuda os músculos a se desenvolverem. Uma má noite de sono faz com que o organismo libere cortisol, o hormônio do estresse, e isso compromete o treino”, detalha.

2. Não pule refeições

Felipe Donatto explica que o certo é que a alimentação seja bem distribuída durante o dia. Você não costuma tomar café da manhã? O nutricionista conta que essa é a refeição mais importante do dia. “Pois é a primeira nutrição corporal – depois de 6 ou 8 horas de sono – que repõe glicogênio hepático e aumenta a quantidade de aminoácidos, vitaminas e minerais plasmáticos. É também a refeição que mais interfere na fome ao longo do dia”, alerta.

> Estimule o seu cérebro: veja dicas para exercitar o corpo e a mente

3. Câimbra não!

A câimbra sempre aparece quando menos esperamos e costuma-se dizer que acontece por causa da falta de potássio na alimentação. Será que é isso mesmo? “Não exatamente. A câimbra é um desequilíbrio de sais minerais ou queda de cálcio ou, ainda, do pH intramuscular. Para evitá-la, consuma diariamente alimentos vegetais, como frutas, verduras e legumes, ótimas quantidades de nutrientes”, aconselha Felipe Donatto.

4. Cálcio para ossos fortes

Fique de olho na alimentação, principalmente na ingestão de cálcio. “Adultos devem ingerir de 1 a 1,2 g de cálcio por dia, mas é importante salientar que o cálcio necessita de outros nutrientes como vitamina D, magnésio, fósforo e vitamina K para ser absorvido corretamente”, explica Felipe Donatto.

> Conheça os benefícios da dança para a saúde

Aquecer antes de treinar é importante
Aquecer antes de treinar é importante (Imagem: Shutterstock)

5. Aquecer para treinar

Chegou atrasada ao treino e perdeu o aquecimento? Não importa! Vá se aquecer. “O aquecimento é importante para preparar as articulações para determinados movimentos e evitar lesões. Faça sempre antes de começar a praticar qualquer tipo de atividade”, recomenda Larissa Kussano.

> Ciclismo: 6 mitos e verdades sobre a atividade física

6. Guarda-roupa fitness

Existem muitas opções de roupas e tênis disponíveis no mercado. Para treinar, a roupa deve ser confortável e possibilitar movimentos. “O melhor tecido é o de algodão”, garante Larissa Kussano. Caso você pratique corrida, a profissional recomenda um par de tênis especiais, pois possuem tecnologia de absorção de impacto. “Na academia você pode usar um par que ofereça firmeza para a prática das atividades físicas.”

> Whey protein: saiba para que serve e como consumir

7. Consuma água

Na hora do treino dá vontade debeber água, certo? Saiba que existe um jeito indicado de beber essa água. “Durante o treino, tome 100 ml de água a cada 20 minutos de exercício”, sugere Felipe Donatto.

Já Larissa Kussano aconselha beber um copo a cada série de exercício. “Fique atenta à quantidade de água que você ingere. Tomar muita água enquanto treina pode causar mal-estar”, argumenta.

8. Peça ajuda!

Durante a prática da atividade física, Larissa Kussano explica que é imprescindível pedir ajuda para os profissionais disponíveis na academia. “Pois é o profissional que irá ajudar no ajuste dos maquinários, como utilizar os equipamentos corretamente e melhorar os movimentos. Sem falar que a ajuda profissional evitará lesões por conta de exercícios errados”, explica.

9. Refeição pós-treino

Depois de treinar, você está liberada para comer tudo em grande quantidade. Certo? Errado! Felipe Donatto explica que as pessoas devem distribuir o valor calórico ao longo do dia. “Comer muito após os treinos pode não adiantar nada se o indivíduo pretende perder peso, pois isso contribui com o acúmulo de gordura corporal”, avisa.

Veja mais dicas de saúde na revista ‘Cuidando da saúde’

Redação EdiCase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.