Dia Nacional do Ciclismo: veja como a atividade ajuda na saúde física e mental

Dia Nacional do Ciclismo: veja como a atividade ajuda na saúde física e mental
Conheça os benefícios do ciclismo para a saúde (Imagem: Shutterstock)

No dia 19 de agosto, comemora-se o Dia Nacional do Ciclismo, a data tem o intuito de chamar a atenção das autoridades sobre a violência no trânsito contra os ciclistas. Também é importante falar da necessidade de proteger quem usa a bicicleta para se locomover pelas cidades. Afinal, é um meio de transporte sustentável e que ajuda a melhorar a saúde de quem usa.  

Poucos sabem dos grandes benefícios que essa atividade traz para a saúde, além de proporcionar enorme sensação de prazer. “O ciclismo também age como um antidepressivo, pois relaxa e alivia todas as tensões do estresse do dia a dia. Melhora o sono, já que aumenta a produção de endorfina (hormônio da felicidade), aumenta o HDL (bom colesterol) e previne problemas de hipertensão”, explica Iva Bittencourt, personal trainer e apresentadora da TV Cinec.

Emagreça e torneie as pernas

Além de ajudar no bem-estar, andar de bicicleta movimenta vários músculos do corpo, que agem em conjunto para favorecer o emagrecimento. Toda a musculatura das pernas é trabalhada, como o quadríceps, glúteos e abdômen. Na parte superior, trabalha os braços e as costas.

A prática do ciclismo ajuda no emagrecimento porque promove um alto gasto energético e não impacta de forma ruim as articulações. “A prática constante, com duração e intensidade adequadas para o condicionamento físico, promove a redução do peso corporal”, explica o personal trainer Guilherme Santander.

Inclua o ciclismo na sua rotina

Porém, para ter o efeito desejado, é necessário pedalar com certa frequência. “Para condicionar, o ideal é pedalar no mínimo 2 vezes por semana, pelo menos 30 minutos a cada dia. Caso você tenha mais disposição, pedale de 4 a 5 vezes por semana, 1 hora por dia”, aconselha Iva Bittencourt. Tenha atenção redobrada com a alimentação, que deve ser apropriada para que seu organismo trabalhe em conjunto e absorva os nutrientes necessários para um bom resultado.

Bicicleta funciona como exercício aeróbico

A personal trainer confirma que a bicicleta é um exercício aeróbico, já que ativa todo o sistema aeróbico e faz gastar calorias. “É uma excelente atividade, mas depende de como é praticada. A bike, se feita na intensidade adequada, traz benefícios. Mas, se feita de forma errada, pode trazer complicações”, completa Iva Bitencourt.

Converse com um médico antes de começar a praticar

Assim como toda atividade física, andar de bicicleta também requer cuidados específicos. “É preciso consultar um médico para analisar as funções cardíacas. Vale lembrar a importância de usar sempre o protetor solar, beber muita água e não usar fones de ouvido, caso vá pedalar na rua, pois tira a atenção e pode causar acidentes”, orienta a personal trainer Iva Bittencourt.

Como escolher a bike certa?

É importante ressaltar que a escolha da bicicleta deve ser adequada à sua estatura e ao seu objetivo. “A bicicleta mais convencional é a Mountain Bike, recomendada para um percurso misto, com obstáculos variados e asfalto, e a Speed, usada somente no asfalto”, explica Guilherme Santander.

Cuidado com a postura

A postura é peça-chave para iniciar um percurso correto. Aconselha-se fazer um Bike Fit inicialmente, que é o ajuste da bicicleta, de acordo com o tipo físico e condicionamento muscular do ciclista. O personal trainer avalia que é importante não pedalar com o banco muito baixo para não sobrecarregar as articulações dos joelhos.

O ideal é manter os joelhos alinhados com as pontas dos pés e deixar a coluna vertebral com a curvatura natural. “Adotar uma postura incorreta ao pedalar pode gerar lesões nos joelhos, quadril, coluna vertebral e uma série de desconfortos musculares e articulares, acarretando o abandono da prática do ciclismo”, alerta Guilherme Santander.

Aqueça antes de pedalar

Não é uma regra, mas é importante alongar-se para preparar os músculos antes de andar de bicicleta. O correto é pedalar lentamente e aumentar o ritmo ao longo do tempo, até atingir uma frequência confortável para aguentar o percurso definido.

Use uma roupa confortável

Se você anda sempre de bicicleta e já adotou essa modalidade na sua rotina, é interessante adquirir os acessórios e roupas adequadas para se sentir mais confortável na prática esportiva. Existem bermudas de ciclismo com forro almofadado para amenizar o desconforto do banco e camisetas com tecidos que permitem a transpiração.

“Caso não possua esses itens, o ideal é utilizar roupas confortáveis, como bermudas e camisetas de tecidos naturais, como o algodão, ou tecnológicos, como o Dry Fit”, indica Guilherme Santander. Já para proteger os pés, o profissional sugere o uso de tênis ou sapatilha própria para a prática.

Dica valiosa: o uso do capacete é indispensável e obrigatório para garantir a segurança do ciclista durante o trajeto, bem como os sinalizadores, que podem vir em formato de adesivos refletivos. Vale a pena investir em equipamentos de segurança e obedecer às regras do Código de Trânsito Brasileiro ao pedalar em ruas e avenidas.

Redação EdiCase

4 thoughts on “Dia Nacional do Ciclismo: veja como a atividade ajuda na saúde física e mental

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.